Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

MEMO conversa com Nidal Njim

A família de Nidal vem da aldeia de al-Qubab, distrito de Ramle, e sua família experimentou a amargura da Nakba palestina em 1948 e migrou para o Líbano.

Nesta quinta-feira (14),o Monitor do Oriente Médio (MEMO) conversará com o desenvolvedor de games, Nidal Njim, brasileiro de origem palestina criador do jogo “Fursan al-Aqsa: Os Cavaleiros da Mesquita de al-Aqsa”, que será lançado em dezembro de 2021 e foi inspirado na resistência palestina contra a ocupação israelense e na experiência de luta de seu pai.

A família de Nidal vem da aldeia de al-Qubab, distrito de Ramle, e sua família experimentou a amargura da Nakba palestina em 1948 e migrou para o Líbano. No Líbano, seu pai juntou-se às facções de resistência palestina e depois mudou-se para o Brasil após a invasão israelense do Líbano em 1982. No Brasil, Nidal nasceu, foi criado e estudou matemática na Universidade do Amapá. Mas ele perseguiu seu hobby em projetar jogos eletrônicos. Nidal afirma que pretende imortalizar as fases da luta palestina com os jogos eletrônicos.

Nidal Njim conversará com a jornalista do MEMO, Amanda De Sordi. A live acontecerá às 11h no Instagram e será transmitida também pelo site e facebook do MEMO.

ASSISTA: Memo conversa com Ana Prestes

Categorias
América LatinaÁsia & AméricasBrasilMEMO conversa comNotíciaOriente MédioPalestinaVídeos & Fotojornalismo
Show Comments
Show Comments