Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

Afeganistão não discursará na Assembléia Geral da ONU

Representante Permanente do Afeganistão nas Nações Unidas, Ghulam M. Isaczai fala durante uma reunião do Conselho de Segurança da ONU sobre o Afeganistão, em 16 de agosto de 2021, em Nova York [TIMOTHY A. CLARY/AFP via Getty Images]

Nenhum representante do Afeganistão se dirigirá à Assembléia Geral da ONU na segunda-feira, de acordo com um comunicado, informou a Agência Anadolu.

O atual embaixador da ONU no Afeganistão, Ghulam Isaczai, que representa o antigo governo antes da tomada do poder pelo Talibã, deveria ter falado aos líderes mundiais no final do dia.

Mas a equipe de Isaczai disse à Assembléia Geral que ele não falaria na 76ª sessão, informou a CNN, citando o porta-voz do Secretário-Geral da ONU, Stephane Dujarric.

Na semana passada, o Talibã enviou uma carta à ONU solicitando a participação nas reuniões da Assembléia Geral e nomeou o porta-voz da ONU, Suhail Shaheen, como embaixador da ONU.

Em meio a disputas sobre quem representará o Afeganistão no organismo internacional, o Talibã disse na carta endereçada ao escritório do secretário-geral da ONU que deveria ser representado na ONU, não pelo embaixador sob o governo do ex-presidente Ashraf Ghani.

A carta foi assinada por Ameer Khan Muttaqi como ministro das Relações Exteriores e pediu para participar da 76ª sessão da Assembléia Geral da ONU, de 21 a 27 de setembro.

LEIA: Israel, Emirados e Bahrein se reúnem paralelamente à cúpula da ONU

Categorias
AfeganistãoÁsia & AméricasEstados UnidosNotíciaONUOrganizações Internacionais
Show Comments
Expulsão dos Palestinos, O conceito de 'transferência' no pensamento político sionista (1882-1948)
Show Comments