Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

Forças de Israel matam palestinos na Cisjordânia

O palestino Mohammad Khabisa foi morto por forças israelenses na Cisjordânia, 24 de setembro de 2021 [FriendsofAlAqsa/Twitter]

Um palestino foi morto por forças israelenses durante uma manifestação contra assentamentos na Cisjordânia ocupada, de acordo com o Ministério da Saúde palestino, relatou a Agência Anadolu.

O ministério disse que a vítima, identificada como Mohammad Khabisa, 28, foi baleada na cabeça e levada às pressas para o hospital, onde foi declarada morta.

Munir al-Jaghoub, chefe do Departamento de Informação do Escritório de Mobilização e Organização da Fatah, disse que Khabisa foi baleado enquanto participava de uma manifestação na vila de Beita contra os planos de assentamento israelense.

Enquanto isso, o Crescente Vermelho Palestino disse, na sexta-feira, que suas equipes médicas trataram de 28 feridos em Beita, um deles era Khabisa, que mais tarde sucumbiu aos ferimentos.

A aldeia Beita testemunha manifestações quase diárias de palestinos e atividades contra os planos de construção de um assentamento israelense no Monte Sbeih perto da aldeia.

De acordo com as estimativas israelenses e palestinas, há cerca de 650 mil colonos em assentamentos na Cisjordânia, incluindo a Jerusalém ocupada, que vivem em 164 assentamentos e 116 postos avançados.

LEIA: Desculpas e compensações não são suficientes para curar as vítimas de ataques de drones

Categorias
IsraelNotíciaOriente MédioPalestina
Show Comments
Show Comments