Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

Segundo navio iraniano carregado de combustível para o Líbano atraca na Síria

O primeiro lote de óleo combustível iraniano chega à cidade de Baalbek, no leste do Líbano, em 16 de setembro de 2021 [Sleiman Amhaz - Agência Anadolu]

O Hezbollah do Líbano anunciou a chegada de um segundo navio carregado com diesel vindo do Irã ao porto de Baniyas, na Síria, ontem à noite, disse hoje cedo a emissora de TV Al-Manar.

O grupo alinhado com o Irã diz que os carregamentos de combustível devem aliviar uma crise energética paralisante no Líbano, enquanto o primeiro-ministro libanês Najib Mikati disse que os carregamentos iranianos constituem uma violação da soberania do Líbano.

Tanto a Síria quanto o Irã estão sob as sanções dos Estados Unidos.

Em 16 de setembro, dezenas de caminhões transportando óleo combustível iraniano entraram no nordeste do Líbano, perto da vila de Al-Ain.

Na ocasião, o Hezbollah disse que o navio que transportava o combustível atracou na Síria depois de ter sido informado que ir para o Líbano poderia correr o risco de sofrer sanções.

Washington reiterou que as sanções dos EUA sobre as vendas de petróleo iraniano continuam em vigor. Mas não disse se está considerando tomar alguma medida em relação à ação do Hezbollah.

O governo libanês disse que sua permissão não foi solicitada para importar o combustível. Uma fonte de segurança disse que os caminhões-tanque passaram por uma passagem não-oficial da fronteira.

O Hezbollah disse que doará óleo combustível a instituições necessitadas, incluindo hospitais do governo e orfanatos, e o venderá a “um preço apropriado” a outros, incluindo hospitais privados, instalações de armazenamento médico e moinhos de farinha.

LEIA: Líbano sobe preços de combustível, mais uma vez

Categorias
LíbanoNotíciaOriente MédioSíria
Show Comments
Expulsão dos Palestinos, O conceito de 'transferência' no pensamento político sionista (1882-1948)
Show Comments