Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

Egito nega impor tarifa a telefonemas recebidos

Aparelho de telefone fixo [ONESPHORE NIBIGIRA/AFP via Getty Images]

O regime egípcio do presidente e general Abdel Fattah el-Sisi negou ontem (19) relatos de que seu governo planeja instituir tarifas a telefonemas recebidos.

O gabinete de imprensa de Sisi insistiu que tais alegações são “incorretas” e reiterou manter contato com o Ministério das Comunicações sobre a questão.

“As taxas a qualquer telefonema recaem somente a quem telefona, sem custo ao recipiente da ligação”, declarou o governo. “Qualquer nova taxa de telecomunicações deve ser autorizada pela Autoridade Nacional Reguladora de Telecomunicações”.

Segundo o Cairo, os cidadãos não devem “acreditar em rumores infundados e maliciosos”, cujo intuito é supostamente criar confusão e dissidência.

Boatos de que tais tarifas foram cogitadas por Sisi viralizaram nas redes sociais. Ativistas descreveram a suposta medida como “política de recolha do governo egípcio”.

LEIA: HRW demanda mecanismo internacional para monitorar abusos no Egito

Categorias
ÁfricaEgitoNotícia
Show Comments
Show Comments