Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

Israel prende 13 palestinos nesta segunda, incluindo parentes de fugitivo de Gilboa

Forças de ocupação israelenses prendem um detento palestino que escapou da prisão de Gilboa, na cidade de Umm al-Ghanam, Israel, em 11 de setembro de 2021 [Polícia Israelense/ Handout]

Nesta segunda-feira (13), as forças de ocupação israelense prenderam ao menos treze palestinos em várias partes da Cisjordânia ocupada e Jerusalém Oriental, noticiou a Agência Wafa.

Entre os detidos estavam uma mãe e seus dois filhos, um ativista, um adolescente, o irmão e o primo de um dos fugitivos da prisão de Gilboa que permanece em liberdade, de acordo com a Sociedade dos Prisioneiros Palestinos (PPS).

Segundo a Wafa, no distrito de Belém, no sul da Cisjordânia, o PPS disse que os soldados invadiram a aldeia de Abu Njeim, a leste da cidade de Belém, e detiveram uma mãe identificada como Salwa Shoukeh junto com dois de seus filhos, identificados como Mohammad, 20, e Mousa, 30.

Também em Belém, os soldados detiveram dois palestinos, um do campo de refugiados de Aida, ao norte da cidade, e um ex-prisioneiro de 45 anos do campo de refugiados de Dheisheh, ao sul da cidade.

No norte da Cisjordânia, soldados israelenses detiveram Imad Kamamji, irmão de Ayham que foi um dos seis prisioneiros que conseguiram escapar da prisão de Gilboa na semana passada e um dos dois que permanecem em fuga, e apreenderam seus telefones celulares após saquearem sua casa familiar na aldeia Kafr Dan, a noroeste da cidade de Jenin.

Soldados também invadiram a cidade de Yamoun, a oeste da cidade de Jenin, onde detiveram o primo de Ayham, Qaisar.

Em outro lugar no norte da Cisjordânia, o PPS disse que um adolescente de dezessete anos foi detido no distrito de Qalqilya.

No distrito de Ramallah, forças israelenses invadiram o vilarejo de Nilin, a oeste da cidade de Ramallah, onde detiveram Mohammed Amireh, um ativista local contrário aos assentamentos ilegais. Eles confiscaram seu telefone celular, além de revistaram e saquearam sua casa.

Enquanto isso, as forças israelenses também detiveram três palestinos após invadirem suas casas nos bairros de Silwan e al-Tur, no leste de Jerusalém. E outro palestino foi detido em Jericó, a leste da Cisjordânia.

LEIA: Manifestantes jogam centenas de colheres em frente à embaixada de Israel nos EUA

Categorias
IsraelNotíciaOriente MédioPalestina
Show Comments
Show Comments