Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

Israel acusa Irã de treinar milícias para uso de drones perto de Isfahan

Ministro da Defesa do Irã Ahmad Vahidi ao lado de um drone militar em Teerã, 9 de maio de 2013 [HEMMAT KHAHI/AFP via Getty Images]
Ministro da Defesa do Irã Ahmad Vahidi ao lado de um drone militar em Teerã, 9 de maio de 2013 [HEMMAT KHAHI/AFP via Getty Images]

Neste domingo (12), o Ministro da Defesa de Israel Benny Gantz acusou Teerã de conceder treinamento de drones armados a milícias estrangeiras em uma base aérea perto da cidade de Isfahan, no centro do país, segundo informações da agência Reuters.

No último mês, a república islâmica tornou-se alvo de escrutínio global por um suposto ataque a drone contra um petroleiro de gestão israelense, na costa de Omã.

Israel combina ofensivas militares com pressão diplomática para reagir ao que descreve como tentativa de seu arquiinimigo para projetar influência regional via guerrilhas aliadas, em meio ao impasse nas negociações sobre o acordo nuclear com potências ocidentais.

Gantz afirmou que o exército iraniano utiliza a base de Kashan, norte de Isfahan, para treinar “terroristas do Iêmen, Iraque, Síria e Líbano no uso de veículos aéreos não tripulados”.

Durante uma conferência realizada na Universidade Reichman, perto de Tel Aviv, o ministro argumentou ainda que a república islâmica tenta “transferir know-how para permitir a fabricação de veículos aéreos não tripulados na Faixa de Gaza”.

Seu gabinete forneceu supostas imagens por satélite de drones em direção a Kashan.

Em 29 de julho, uma explosão atingiu o Mercer Street — barco de bandeira liberiana, propriedade japonesa e administrado pela empresa israelense Zodiac Marine —, na região de acesso ao Golfo Persa, rota fundamental de petróleo global.

Dois tripulantes foram mortos: um cidadão britânico e outro romeno.

O exército americano declarou que experts estacionados no porta-aviões Ronald Reagan — incumbido de auxiliar o Mercer Street — concluíram que o incidente foi causado por um drone de fabricação iraniana. Teerã, no entanto, negou o envolvimento.

LEIA: Irã convida AIEA para conversar, antes de confrontação com Ocidente

Categorias
IrãNotíciaOriente Médio
Show Comments
Show Comments