Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

Navio foi reflutuado depois de ficar preso no Canal de Suez do Egito

Canal de Suez no Egito, 2 de junho de 2020 [Vyacheslav Argenberg/Flickr]

Um graneleiro ficou brevemente preso na seção norte do Canal de Suez hoje, mas foi reflutuado e não houve impacto no tráfego, disse a Autoridade do Canal de Suez (SCA, na sigla em inglês) em um comunicado.

O Coral Crystal, de bandeira panamenha, com uma carga de 43 mil toneladas, sofreu um problema temporário em seu caminho para o sul através do canal, disse a SCA, mas os navios atrás dele foram desviados por um canal paralelo.

Em março deste ano, o navio Ever Green, um dos maiores navios de transporte de contêineres do mundo, bloqueou o Canal de Suez por quase uma semana.

O navio de carga de 400 m de comprimento reteve cerca de US$ 9,6 bilhões em mercadorias todos os dias e forçou muitos navios a se redirecionarem ao redor do Cabo da Boa Esperança, no extremo sul da África, depois que uma tempestade de areia o deixou preso lateralmente no canal.

Equipes de resgate da Autoridade do Canal de Suez e de uma empresa holandesa usaram rebocadores para mover o navio, enquanto 367 embarcações aguardavam o tráfego para retomar ao longo do canal.

A via navegável artificial de 193 quilômetros do Egito é uma das rotas comerciais mais movimentadas do mundo que conecta o Mar Vermelho ao Mediterrâneo, ligando o comércio entre a Ásia e a África Oriental, por um lado, e a Europa, as Américas e a África Ocidental, por outro.

Quanto às rotas alternativas para o Canal de Suez, existem apenas duas rotas marítimas alternativas, nomeadamente a rota do Cabo da Boa Esperança e a rota do Ártico.

Uma terceira rota atravessa o Oceano Pacífico, mas é muito mais longa e apenas prática para o comércio entre as Américas Ocidentais e o Leste Asiático. Portanto, não compete com o Canal de Suez.

LEIA: Outro prédio desaba no Egito matando três advogados

Categorias
ÁfricaEgitoNotícia
Show Comments
Show Comments