Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

Egito retém US$8 milhões em equipamentos, afirmam mineradores do Sudão

Policiais egípcios em 6 de julho de 2018 [KHALED DESOUKI/AFP via Getty Images]

Autoridades egípcias não devolveram mais de US$8 milhões em itens apreendidos, reportou um comitê que representa mineradores sudaneses que retornaram do país vizinho após cinco meses de detenção, em 2015, segundo informações do website Sudan Tribune.

Segundo Suleiman Ahmed Markaz, chefe do comitê, o governo egípcio do presidente e general Abdel Fattah el-Sisi não cumpriu suas obrigações de devolver os equipamentos dos mineradores, apesar de emitir uma série de decisões para tanto.

Sisi chegou a emitir um decreto para asseverar a devolução — porém, seu exército decidiu reter a maior parte do material e entregou apenas seis veículos.

Os itens incluem detectores de metal, localizadores, celulares por satélite, bússolas modernas, veículos, geradores de energia e quantidades razoáveis de minério de ouro.

Em agosto de 2015, Sisi emitiu um perdão presidencial a dezenas de mineradores sudaneses acusados de trespassar a fronteira, em resposta à soltura de cem pescadores egípcios, por sua vez, acusados de invadir águas territoriais sudanesas no Mar Vermelho.

LEIA: Empresas egípcias processam Etiópia por investimentos no Tigré

Categorias
ÁfricaEgitoNotícia
Show Comments
Expulsão dos Palestinos, O conceito de 'transferência' no pensamento político sionista (1882-1948)
Show Comments