Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

Catar condena ataque do regime sírio a Daraa

Uma imagem mostra uma bandeira russa em um veículo militar russo no distrito sírio de Daraa al-Balad, na província de Daraa, no sul da Síria, em 1 de setembro de 2021 [Sam Hariri/AFP via Getty Images]

O Catar condenou ontem o “ataque brutal” do regime sírio a Daraa, dizendo que isso levou ao deslocamento de dezenas de famílias.

Um comunicado divulgado pelo Ministério das Relações Exteriores do Catar descreveu o ataque como “uma extensão da série de crimes hediondos que o regime tem cometido contra o povo sírio durante os últimos anos”, que “viola o direito internacional humanitário e exige que a comunidade internacional aja com urgência para garantir a proteção de civis e infraestrutura civil”.

O ministério reiterou a posição firme do Catar de apoiar os esforços internacionais com o objetivo de alcançar uma solução política para encerrar a crise síria de acordo com as resoluções relevantes do Conselho de Segurança da ONU, que atendem às aspirações do povo sírio por segurança e estabilidade e preservam a unidade e independência da Síria.

Daraa Al-Balad foi bloqueada pelas forças do regime em 25 de junho, depois que residentes, incluindo ex-membros da oposição síria, resistiram a uma ordem de entregar armas leves e permitir que as forças do regime revistassem casas.

Em 29 de julho, as forças do regime e a milícia apoiada pelo Irã lançaram uma operação terrestre na área. O regime iniciou sua ação militar, apesar de concordar em levantar o bloqueio.

LEIA: Negociações em Daraa chegam a um beco sem saída

Categorias
CatarNotíciaOriente MédioSíria
Show Comments
Show Comments