Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

Escassez de água no Iraque afeta crianças, alerta Unicef

Crianças iraquianas em 20 de novembro de 2016 [Feriq Fereç/Agência Anadolu]

O Fundo das Nações Unidas para a Infância – Unicef advertiu neste domingo (29) sobre os riscos de saúde impostos a crianças iraquianas pela falta de acesso a água potável.

As informações são da agência Anadolu.

“Três a cada cinco crianças no Iraque não têm qualquer acesso a serviços de gestão de água”, declarou a agência internacional em nota.

Segundo a Unicef, menos da metade das escolas no país têm acesso a água tratada.

“No Iraque, a seca é alarmante e as crianças não podem desenvolver seu pleno potencial sem água”, reiterou Sheema SenGupta, representante da Unicef no país. “É hora de agir sobre as mudanças climáticas e garantir acesso seguro à água para todas as crianças”.

Segundo a Unicef, a temporada de chuvas 2020-2021 foi a segunda mais seca dos últimos 40 anos, o que reduziu o volume dos rios Tigre e Eufrates em 29% e 73%, respectivamente.

Dados oficiais iraquianos sugerem uma população de 16.2 milhões de crianças menores de 14 anos, com base no censo realizado pelo Ministério do Planejamento em janeiro de 2021.

O Iraque depende historicamente das águas do Tigre e Eufrates — contudo, nos anos recentes, o fluxo de água diminuiu em ambos devido à pouca chuva.

LEIA: Os níveis de água do Tigre e do Eufrates no Iraque caem em 50%

Categorias
IraqueNotíciaOrganizações InternacionaisOriente MédioUNICEF
Show Comments
Expulsão dos Palestinos, O conceito de 'transferência' no pensamento político sionista (1882-1948)
Show Comments