Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

Campanha no Twitter pede pela libertação de Anhar al-Deek para poder dar à luz

Anhar al-Deek com seu marido e filha [Reprodução]
Anhar al-Deek com seu marido e filha [Reprodução]

Acontece agora, uma campanha no Twitter pela libertação de uma jovem palestina grávida.

Grávida de nove meses, a jovem Anhar al-Deek mandou, nessa semana uma emocionante carta à sua família fazendo um apelo aos defensores dos direitos humanos para exigir sua liberação, garantindo que ela não dê à luz dentro de uma prisão isralense. “O que devo fazer caso tenha que dar a luz longe de vocês?” diz a carta. “Estou algemada e vocês sabem como as cesáreas são difíceis mesmo fora da prisão. Como vou passar por isso na cadeira e sozinha?”.

Anhar, que já é mãe de uma menina, pode entrar em trabalho de parto a qualquer momento. De acordo com a Comissão de Assuntos dos Prisioneiros e Ex-Prisioneiros, ela tem sofrido com um quadro de bipolaridade induzido pela gravidez, o que requer tratamento especializado.

Em conversa com o advogado da Comissão, Anhar enfatizou que a penitenciária não está equipada para realizar um parto ou para o desenvolvimento da criança, considerando suas péssimas condições. Ela afirma que uma criança nascida nesse contexto irá apresentar questões psicológicas como resultado das contagens, inspeções e golpes das janelas, sem mencionar as situações de emergência. “Se nós que somos adultos nos assustamos, como você espera que uma criança nascida e criada dentro de uma cadeia se sente?”, indagou a al-Deek.

Originária de Ramallah, na Cisjordânia, Al-Deek foi presa pelas forças da ocupação israelense há cinco meses, sob a acusação de tentativa de esfaqueamento em um assentamento ilegal israelense próximo à sua cidade. Seu marido foi autorizado a visitá-la uma única vez.

Em resposta ao pedido feito pela jovem e sua família, uma campanha no Twitter acontece agora, às 19h00 (horário da Palestina) – 13h no horário de Brasília, impulsionando o chamado de #SaveAnhar.

 

Categorias
IsraelNotíciaOriente MédioPalestina
Show Comments
Show Comments