Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

Falta de avanço força Irã a ampliar capacidades nucleares, alega Moscou

Maria Zaharova, porta-voz do Ministério de Relações Exteriores da Rússia, em Moscou, 21 de janeiro de 2021 [Ministério de Relações Exteriores da Rússia/Agência Anadolu]

Maria Zaharova, porta-voz do Ministério de Relações Exteriores da Rússia, afirmou em nota divulgada nesta terça-feira (24) que os avanços iranianos para enriquecer urânio contradizem o acordo nuclear de 2015, mas que Moscou compreende as razões para tanto.

“As medidas são consideradas um recuo dos termos contidos no Plano de Ação Conjunta Global (JCPOA) sobre a questão do programa nuclear iraniano”, declarou Zaharova.

Contudo, prosseguiu, o governo russo entende que as ações de Teerã decorrem da “falta de resultados práticos para retornar ao acordo, enquanto é mantida a lista de sanções unilaterais contra Irã e países terceiros, imposta pelos Estados Unidos”.

“Temos preocupações de que isso nos distanciará do objetivo desejado, ao dificultar a tarefa de criar condições para implementação de acordos abrangentes”, advertiu.

Alemanha, Reino Unido e França recentemente expressaram receios sobre o recente relatório da Agência Internacional de Energia Atômica (AIEA) sobre a produção de urânio enriquecido por parte do Irã e o aumento de suas capacidades a 60%.

LEIA: Rússia e Talibã chegam a acordo para garantir segurança de diplomatas

Categorias
AIEAÁsia & AméricasEstados UnidosEuropa & RússiaIrãNotíciaOrganizações InternacionaisOriente MédioRússia
Show Comments
Expulsão dos Palestinos, O conceito de 'transferência' no pensamento político sionista (1882-1948)
Show Comments