Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

Líbano junta-se à oposição à adesão de Israel à União Africana

Os participantes são vistos na 30ª Cúpula de Chefes de Estado e de Governo da União Africana (UA) em Adis Abeba, Etiópia, em 28 de janeiro de 2018 [Minasse Wondimu Hailu/Agência Anadolu]

O Ministério das Relações Exteriores do Líbano recebeu ontem o anúncio recente da Comunidade para o Desenvolvimento da África Austral (SADC, na sigla em inglês), que se opõe à decisão unilateral da União Africana de conceder a Israel o status de observador.

Numa declaração oficial, o ministério disse que a posição da SADC estava “em linha com as disposições do direito internacional e da solidariedade histórica”.

“A posição dos estados-membro da SADC preservou o legado da luta no continente africano contra a política de apartheid e ocupação colonial”, diz o comunicado.

O grupo exorta os países africanos “a liderarem os esforços internacionais para responsabilizar Israel pelos seus crimes, para acabar com a política de impunidade e para continuar a opor-se à frenética ocupação colonial”.

O Ministério das Relações Exteriores descreveu a posição da SADC como uma “posição de princípio e uma fonte de esperança e força que o povo palestino, que anseia por sua liberdade e independência, irá valorizar”.

LEIA: Estados falantes do árabe rejeitam aproximação entre Israel e União Africana

Categorias
IsraelLíbanoNotíciaOrganizações InternacionaisOriente MédioSíriaUnião Africana
Show Comments
Expulsão dos Palestinos, O conceito de 'transferência' no pensamento político sionista (1882-1948)
Show Comments