Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

Bahrein é o primeiro país do Golfo em talentos de TI

Uso de redes sociais aumentou na pandemia entre árabes [Peter Macdiarmid/Getty Images]

O Bahrein foi classificado como o primeiro país do Conselho de Cooperação do Golfo (GCC) em disponibilidade de talentos avançados em programação de computadores no setor de Tecnologia da Informação e Comunicação (ICT). O dado foi publicado na agência de notícias do país, a Bahrain News Agency (BNA), como parte do Relatório 2020 da União Internacional de Telecomunicações (ITU).

A ITU é uma agência especializada das Nações Unidas (ONU) responsável por assuntos de tecnologias de informação e comunicação, incluindo o estabelecimento de padrões internacionais para indicadores na área. O relatório anual mede o nível de transformação digital no mundo, o valor e a qualidade dos serviços locais no setor.

A notícia da BNA conta das áreas dentro de ICT nas quais o Bahrein se destacou no relatório, como a disponibilização de tecnologia acessível para a comunidade, o valor do preço por gigabyte (no que o país é o melhor do GCC) e oferta de pacotes básicos de celulares (no que o Bahrein é o segundo no GCC e o oitavo no mundo).

LEIA: Com retomada, Bahrein investe em minério de ferro do Brasil

A diretora executiva de Investimentos do Conselho de Desenvolvimento Econômico do Bahrein, Dalal Buhejji, disse que o país segue atraindo investimentos diretos no setor de Tecnologia de Informação e Comunicação por fatores como a disponibilidade de talentos na área e o custo competitivo para operações locais.

Segundo Buhejji, no ano passado o Bahrein atraiu 300 milhões de dinares (US$ 791 milhões pela conversão atual) em investimentos diretos, muitos em ICT. “A alta classificação do Bahrein nesse relatório é uma prova da estratégia e do investimento do reino para avançar ainda mais no setor”, falou.

Publicado originalmente em ANBA

Categorias
BahreinNotíciaOriente Médio
Show Comments
Show Comments