Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

Bahrein e Israel discutem reforço das relações bilaterais de segurança

Um graffiti representando mãos com mangas coloridas nas bandeiras dos Emirados Árabes Unidos e Bahrein apertando a mão de outra com uma manga com a bandeira de Israel na Cisjordânia, em 4 de outubro de 2020 [Hazem Badere/AFP via Getty Images]
Um graffiti representando mãos com mangas coloridas nas bandeiras dos Emirados Árabes Unidos e Bahrein apertando a mão de outra com uma manga com a bandeira de Israel na Cisjordânia, em 4 de outubro de 2020 [Hazem Badere/AFP via Getty Images]

O subsecretário de Relações Internacionais do Bahrein no Ministério das Relações Exteriores, shaikh Abdulla Bin Ahmed Al Khalifa, discutiu o reforço das relações de segurança com autoridades israelenses durante sua visita de quatro dias ao estado de ocupação nesta semana, informou a agência de notícias Sama.

Al Khalifa desembarcou em Israel no domingo para iniciar uma visita de quatro dias com o objetivo de aprofundar as relações entre Manama e Tel Aviv.

Ele se reuniu com vários altos funcionários israelenses e discutiu questões relacionadas a vários campos. Ele se encontrou com o major-general de Israel Tal Kalman, que chefia o Diretório do Irã no exército israelense.

O funcionário do Bahrein disse que o Irã é considerado a principal ameaça à região. “Isso alimentou crises em todo o Oriente Médio. Aumentou o número de refugiados que fugiram para a Europa. Causou mais instigação de extremismo e ódio em muitas regiões diferentes do Oriente Médio.”

Criticando o acordo nuclear entre o Irã e as potências mundiais, Al Khalifa disse que ele trouxe “mais crises e mais caos à região”.

O funcionário do Bahrein acrescentou: “Falando de uma perspectiva do Bahrein e da experiência de meu país com o Irã, vemos uma interferência contínua nos assuntos internos de meu país, apoio ao extremismo e terrorismo, contrabando contínuo de armas e explosivos e drogas e narcóticos”.

Ele também disse que o acordo nuclear “causou a morte de dezenas de forças de segurança e civis inocentes e milhares de seguranças feridos”.

Al Khalifa se encontrou com o ministro das Relações Exteriores de Israel, Yair Lapid, e participou de uma viagem de mergulho com o diretor-geral do Ministério das Relações Exteriores, Alon Ushpiz, no Mediterrâneo.

Essa visita é a segunda de um alto funcionário do Bahrein a Israel desde a assinatura dos acordos de normalização em setembro de 2020.

LEIA: Palestina rebate a dedução ‘ilegal’ de impostos por Israel

Categorias
BahreinIsraelNotíciaOriente Médio
Show Comments
Show Comments