Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

Iraque assina acordo com o Líbano para suprir combustíveis

Veículos tentam abastecer em um posto de gasolina na rodovia Beirute-Sidon, ao sul da capital libanesa, em meio à escassez de combustíveis, em 24 de junho de 2021 [Joseph Eid/AFP via Getty Images]
Veículos tentam abastecer em um posto de gasolina na rodovia Beirute-Sidon, ao sul da capital libanesa, em meio à escassez de combustíveis, em 24 de junho de 2021 [Joseph Eid/AFP via Getty Images]

O Iraque assinou um acordo para fornecer ao governo libanês cerca de um milhão de toneladas de derivados de petróleo pelo período de um ano, em troca de bens e serviços, a fim de ajudar o Líbano a atenuar sua escassez energética, reportou a agência Reuters.

O Líbano vivencia um colapso econômico que ameaça a estabilidade nacional, ao esgotar suas reservas estrangeiras e carecer de combustível, remédios e outros bens essenciais.

A maioria dos libaneses sofre cortes de energia diários por horas e horas.

Ao retornar a Beirute após a assinatura do acordo, Raymond Ghajar, ministro da pasta energética em exercício, observou que os derivados de petróleo serão utilizados para gerar energia por quatro meses, estimados entre US$300 e US$400 milhões.

O Ministério do Petróleo do Iraque declarou em nota que concederá ao Líbano materiais excedentes de suas refinarias.

O Líbano impôs cortes de energia graduais em todo o país, à medida que a crise fiscal se aprofundou, a partir de 2019. A maioria da população depende de geradores próprios movidos a diesel — matéria-prima também em falta no país.

Nesta semana, hospitais libaneses advertiram para o problema, de modo que pacientes em estado grave estão sob risco.

LEIA: ‘Não aceitaremos soldados estrangeiros no Iraque’, diz resistência do Iraque

Categorias
IraqueLíbanoNotíciaOriente Médio
Show Comments
Show Comments