Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

Amazon fecha infraestrutura em nuvem vinculada à empresa israelense NSO

Logotipo da Amazon na área de entrada do centro de logística da Amazon em Lauwin-Planque, norte da França, em 4 de março de 2019 [Ddenis Charlet/AFP/Getty Images]

O serviço de nuvem da Amazon.com Inc, Amazon Web Services, fechou a infraestrutura e contas vinculadas ao fornecedor de vigilância israelense NSO Group, informou o grupo de mídia dos EUA, de acordo com a Reuters.

O spyware do NSO Group foi usado em tentativas e sucesso de hacks de 37 smartphones pertencentes a jornalistas, funcionários do governo e ativistas de direitos humanos em todo o mundo, de acordo com uma investigação realizada por 17 organizações de mídia publicada no domingo.

A NSO negou o relatório e disse que seu produto se destinava apenas ao uso por agências de inteligência e aplicação da lei do governo para combater o terrorismo e o crime.

“Quando soubemos dessa atividade, agimos rapidamente para encerrar a infraestrutura e as contas relevantes”, disse um porta-voz da Amazon em comunicado na segunda-feira.

A Amazon não esclareceu imediatamente se as contas eram relacionadas ao Grupo NSO.

LEIA: Grupos de jornalistas alemães exigem ação contra software espião israelense

Categorias
Ásia & AméricasEstados UnidosIsraelNotíciaOriente Médio
Show Comments
Show Comments