Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

OMS aponta risco de aumento ‘catastrófico’ de coronavírus no Oriente Médio

Um profissional de saúde aplica testepara covid na cidade de Abu Selim, em Trípoli, Líbia, em 18 de outubro de 2020. [ Mücahit Aydemir/Agência Anadolu]
Um profissional de saúde aplica testepara covid na cidade de Abu Selim, em Trípoli, Líbia, em 18 de outubro de 2020. [ Mücahit Aydemir/Agência Anadolu]

Um aumento de casos de coronavírus em vários países do Oriente Médio pode ter consequências terríveis, agravadas pela disseminação da variante Delta e pela baixa disponibilidade da vacina, disse a Organização Mundial da Saúde na quarta-feira, segundo a agência Reuters.

Após um declínio nos casos e mortes na região do Mediterrâneo Oriental por oito semanas, a da OMS disse que houve aumentos significativos de casos na Líbia, Irã, Iraque e Tunísia, e aumentos esperados no Líbano e Marrocos.

Na próxima semana, os países da região marcarão o feriado muçulmano Eid al-Adha, que tradicionalmente inclui reuniões religiosas e sociais onde as infecções podem se espalhar.

“A OMS está preocupada que o atual aumento de covid-19 possa atingir o pico nas próximas semanas, com consequências catastróficas”, disse o escritório regional da agência em um comunicado.

As causas são a falta de adesão às medidas sociais e de saúde pública e a “crescente complacência por parte das comunidades”, bem como as baixas taxas de vacinação e a disseminação de novas variantes, segundo a OMS.

A agência destacou a Tunísia como o país com a maior taxa de mortalidade por coronavírus per capita na região e na África, e observou que os casos diários quase dobraram no Irã em quatro semanas até o início de julho.

No geral, o número de casos COVID-19 relatados na região do Mediterrâneo Oriental, que inclui Paquistão, Afeganistão, Somália e Djibuti, bem como estados do Oriente Médio, ultrapassou 11,4 milhões, disse o comunicado.

Mais de 223.000 mortes foram relatadas, acrescentou.

LEIA: Flydubai cancela compra de 65 boeings dos EUA devido ao covid

Categorias
ÁfricaCoronavírusIrãLíbanoLíbiaNotíciaOMSOrganizações InternacionaisOriente MédioTunísia
Show Comments
Show Comments