Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

Turquia mantém-se ao lado da Bósnia e Herzegovina, promete Erdogan

Cemitério Memorial de Potocari em Srebrenica, Bósnia e Herzegovina, 15 de fevereiro de 2020 [Samir Jordamovic/Agência Anadolu]

O Presidente da Turquia Recep Tayyip Erdogan recordou neste domingo (11) do 26° aniversário do massacre de Srebrenica, na Bósnia e Herzegovina, ao expressar seu pesar e solidariedade às vítimas, segundo informações da agência Anadolu.

Em vídeo, Erdogan ofereceu suas condolências aos familiares das vítimas e prometeu que a Turquia permanecerá ao lado do povo bósnio.

O presidente turco descreveu o genocídio em questão como “mancha na história da Europa e da humanidade” e assegurou jamais esquecê-lo. Prosseguiu:

As feridas de Srebrenica se abriram em nossos corações; após 26 anos, ainda sangramos.

Em julho de 1995, mais de oito mil muçulmanos bósnios foram mortos quando forças sérvias atacaram a região de Srebrenica, apesar da presença de forças de paz da Holanda.

LEIA: Memórias de Srebrenica despertam-se na Síria

Em 1993, o Conselho de Segurança da ONU declarou Srebrenica como “zona neutra”, mas tropas lideradas pelo general Ratko Mladic prosseguiram com a invasão e o massacre.

Após anos como fugitivo internacional, Mladic foi condenado por crimes de guerra, lesa-humanidade e genocídio.

Sobre a decisão do Tribunal Penal Internacional de sentenciar Mladic à prisão perpétua, o presidente turco reiterou que não basta para atenuar a “tragédia no coração da Europa”, mas ajuda a evitar outros genocídios.

Erdogan enfatizou a importância da paz e estabilidade na Bósnia e Herzegovina, que abriga diversas culturas, crenças e etnias, na região dos Balcãs e em toda a Europa.

Em apelo para que líderes políticos repudiem o ódio e a violência e defendam valores humanos comuns, concluiu Erdogan: “Tornar a paz permanente nessas terras é nosso dever comum”.

LEIA: Líder da Bósnia diz que seu país não apoia Israel

Categorias
Bósnia & HerzegovinaEuropa & RússiaNotíciaTurquia
Show Comments
Expulsão dos Palestinos, O conceito de 'transferência' no pensamento político sionista (1882-1948)
Show Comments