Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

Batalha política é mais feroz do que militar, diz Jihad islâmica

Ziad Al-Nakhaleh, secretário-geral do movimento Jihad Islâmica Palestina

O secretário-geral do movimento Jihad Islâmica Palestina, Ziyad Al-Nakhalah, disse ontem que a batalha política em curso é “mais feroz” do que a batalha militar travada na Faixa de Gaza, informou a agência de notícias Sama.

Durante um evento realizado em memória do falecido líder da Jihad Islâmica Ramadan Shallah, Al-Nakhalah disse: “Todas as forças de resistência palestinas devem reorganizar suas posições e concordar em uma visão unida para manter o significado de sua vitória alcançada na Espada de Jerusalém batalha”.

Ele acrescentou: “As tentativas de conter os ganhos obtidos por meio da Espada de Jerusalém não pararam. Temos que ser cautelosos e estar prontos para lidar com todas as ameaças possíveis”.

Al-Nakhalah disse que a batalha “abriu horizontes enormes diante das ambições dos palestinos em relação à liberdade, libertação e retorno à sua terra. Temos que manter essas conquistas”.

“A Jihad Islâmica, depois da batalha da Espada de Jerusalém, não é a mesma de antes. Sua participação na batalha provou que nunca havia deixado suas posições políticas e militares.”

LEIA: Jihad Islâmica: Reunião no Cairo pretende retomar o projeto nacional palestino e reformar a OLP

Categorias
IsraelNotíciaOriente MédioPalestina
Show Comments
Show Comments