Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

Festival de cinema sul-africano boicota produções de Israel em apoio a Gaza

Cartaz do Festival Internacional de Cinema de Durban, África do Sul [Twitter]

O Festival Internacional de Cinema de Durban (DIFF), na África do Sul, decidiu boicotar produções israelenses em protesto contra os bombardeios na Faixa de Gaza e contra as persistentes violações de direitos do povo palestino nos territórios ocupados.

O DIFF declinou a participação do diretor Yakie Ayalon com seu documentário “Eretz Go”, que relata a jornada de uma família de imigrantes nigerianos a Israel.

Ayalon recebeu um email do comitê organizador no qual reiterou o compromisso do festival com o boicote a Israel, com base na defesa da justiça social e dos direitos humanos.

Declarou o comitê: “Não apresentaremos qualquer filme produzido por diretores israelenses no Festival Internacional de Cinema de Durban enquanto os direitos do povo palestino continuam sob repressão do governo israelense”.

O festival denunciou o regime israelense de apartheid, imposto contra os palestinos sob ocupação, ao recordar da experiência sul-africana e da campanha de boicote, desinvestimento e sanções que culminou na abolição do sistema discriminatório.

O comitê organizador assumiu ainda a responsabilidade por fazer o possível para assegurar apoio internacional à causa palestina.

O DIFF está previsto para ocorrer entre 22 de julho e 1° de agosto.

LEIA: Mostra traz 40 filmes de diretoras árabes

Categorias
ÁfricaÁfrica do SulBDSIsraelNotíciaOrganizações InternacionaisOriente MédioPalestina
Show Comments
Show Comments