Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

Chipre força retorno de barco de refugiados ao Líbano

Campo de refugiados no Chipre, 5 de novembro de 2019 [Iakovos Hatzistavrou/AFP/Getty Images]
Campo de refugiados no Chipre, 5 de novembro de 2019 [Iakovos Hatzistavrou/AFP/Getty Images]

Autoridades greco-cipriotas forçaram um barco com 56 refugiados a retornar ao Líbano, de onde saiu no último domingo (16).

Forças cipriotas checaram os documentos dos tripulantes após avistar a embarcação a cerca de 30km ao sul do litoral de Cabo Greco, na ilha do Chipre, no Mar Mediterrâneo.

Trinta e nove homens, sete mulheres e dez crianças estavam a bordo.

A guarda costeira foi então enviada junto de paramédicos e tradutores.

A nacionalidade dos refugiados não foi divulgada.

O jornal em inglês Cyprus Mail reportou que a embarcação tentou, a princípio, avançar em direção ao porto de Protaras, mas teve a entrada negada pelo governo greco-cipriota.

Trata-se do terceiro caso do tipo, no qual barcos de refugiados foram forçados a retornar ao Líbano a meio caminho do Chipre, observou a agência de notícias alemã DPA.

O Líbano é o terceiro país mais seguro para os refugiados, alega o Chipre.

LEIA: Cinco migrantes se afogam na costa da Líbia

Categorias
ChipreLíbanoNotíciaOriente Médio
Show Comments
Show Comments