Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

52 mil palestinos deslocados por ataques de Israel contra Gaza, alerta ONU

Mortes em Gaza continuam a aumentar [Sabaaneh/Monitor do Oriente Médio]
Mortes em Gaza continuam a aumentar [Sabaaneh/Monitor do Oriente Médio]

A Organização das Nações Unidas (ONU) afirmou que ao menos 52 mil palestinos foram deslocados pela recente rodada de ataques aéreos israelenses contra a Faixa de Gaza, que destruíram ou danificaram gravemente quase 450 edifícios locais.

Cerca de 47 mil pessoas desabrigadas buscaram refúgio nas 58 escolas administradas pela ONU em Gaza, observou Jens Laerke, porta-voz do Escritório das Nações Unidas para Coordenação de Assuntos Humanitários (OCHA), a repórteres.

“Temos um influxo adicional às nossas escolas. Até esta manhã, 47 mil pessoas se abrigaram nas escolas da UNRWA [Agência das Nações Unidas para Assistência aos Refugiados da Palestina]. O número cresce e há agora mais de 52 mil deslocados internos”, afirmou.

Laerke observou que a agência humanitária das Nações Unidas acolheu a abertura da travessia de Kerem Shalom (Karem Abu Salem) para bens humanitários essenciais, conforme decisão das autoridades da ocupação israelense.

LEIA: Conselho Nacional Palestino defende currículo da UNRWA contra acusações europeias

“É crítico que a travessia de Erez também seja aberta para entrada e saída de equipes humanitárias fundamentais”, reiterou.

Laerke observou ainda que o fornecimento de energia em toda a Faixa de Gaza ainda está limitado a uma média de seis a oito horas por dia, devido aos danos à infraestrutura de distribuição causados pelos bombardeios israelenses.

“Isso prejudica a provisão de cuidados de saúde e outros serviços básicos, como água, higiene e tratamento sanitário”, destacou.

Ao todo, 132 edifícios foram destruídos e 316 foram gravemente danificados, incluindo seis hospitais e nove pronto-socorros, além de uma estação de dessalinização da água, o que afeta o acesso à água potável de 250 mil pessoas, detalhou o porta-voz das Nações Unidas.

Um hospital foi deixado inoperante pela falta de combustível.

Mortes em Gaza continuam a aumentar [Sabaaneh/Monitor do Oriente Médio]

Mortes em Gaza continuam a aumentar [Sabaaneh/Monitor do Oriente Médio]

Categorias
IsraelNotíciaONUOrganizações InternacionaisOriente MédioPalestina
Show Comments
Expulsão dos Palestinos, O conceito de 'transferência' no pensamento político sionista (1882-1948)
Show Comments