Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

Gulf Air do Bahrein iniciará voos para Israel em junho

A foto tirada em 5 de agosto de 2016 mostra engenheiros de aeronaves inspecionando um dos motores de um Airbus A330 da Gulf Air no aeroporto internacional de Manila [STR/AFP via Getty Images]
A foto tirada em 5 de agosto de 2016 mostra engenheiros de aeronaves inspecionando um dos motores de um Airbus A330 da Gulf Air no aeroporto internacional de Manila [STR/AFP via Getty Images]

A operadora de bandeira do Bahrein, Gulf Air, anunciou que começou a vender passagens antes de seus primeiros voos diretos para Tel Aviv, em Israel, a partir de 3 de junho.

O serviço da companhia aérea duas vezes por semana entre Manama e Tel Aviv seguirá outras operadoras do Golfo, incluindo a FlyDubai dos Emirados Árabes, que iniciou voos diretos de passageiros para Israel em novembro, e a Etihad, que lançou voos diretos de Abu Dhabi no início deste mês. A companhia aérea de bandeira israelense El Al iniciou voos diretos para Dubai em dezembro, com os Emirados Árabes provando ser um destino turístico popular para os israelenses, apesar da pandemia do coronavírus.

Ambos os países normalizaram os laços com Israel no ano passado em um acordo patrocinado pelos EUA conhecido como Acordos de Abraham, sob a administração do ex-presidente dos EUA Donald Trump. Desde a assinatura do acordo em Washington, Sudão e Marrocos também fecharam acordos de paz com Israel.

O primeiro voo comercial de Israel para o Bahrein ocorreu logo após a normalização em setembro. Durante uma visita de uma delegação do Bahrein a Israel em novembro passado, ambos os países concordaram em abrir embaixadas, estabelecer sistemas de vistos online e lançar voos semanais entre seus países.

Manama nomeou seu primeiro embaixador em Israel no mês passado, a mudança veio depois que os Emirados Árabes nomearam seu próprio enviado a Israel.

LEIA: Bahrein nomeia primeiro enviado a Israel

Categorias
Ásia & AméricasBahreinEmirados Árabes UnidosEstados UnidosIsraelNotíciaOriente Médio
Show Comments
Show Comments