Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

Putin e o primeiro-ministro do Líbano discutem refugiados da Síria

Presidente da Rússia, Vladimir Putin em Moscou, Rússia em 24 de março de 2020 [Gabinete de Imprensa do Kremlin / Agência Anadolu]

O presidente russo Vladimir Putin discutiu hoje a repatriação dos refugiados sírios do Líbano em uma conversa por telefone com o primeiro-ministro libanês, Saad Hariri, relata a Agência Anadolu.

Os líderes expressaram sua disposição de trabalhar juntos para criar “condições favoráveis ​​para o retorno seguro dos refugiados sírios que vivem no Líbano”, disse o Kremlin.

Hariri informou Putin sobre os desenvolvimentos recentes no Líbano, incluindo esforços para formar um novo Gabinete de Ministros..

“O lado russo confirmou sua posição de princípio em apoio à soberania, independência, unidade e integridade territorial do Líbano,” informou o Kremlin.

Putin e Hariri também falaram sobre o fortalecimento dos laços comerciais e econômicos e sobre a intensificação dos contatos entre as agências relevantes na luta contra o coronavírus, incluindo o fornecimento de vacinas russas ao Líbano..

“O presidente russo parabenizou Saad Hariri e todos os muçulmanos do Líbano no início do mês sagrado do Ramadã”,, registrou a declaração do Kremilin.

Hariri, que está em visita de trabalho à Rússia, também se encontrou com seu homólogo russo Mikhail Mishustin.

LEIA: Ministro do Líbano amplia reclamação em disputa de área marítima com Israel

Os dois primeiros-ministros discutiram o que pode ser feito para melhorar a cooperação econômica entre a Rússia e o Líbano.

Mishustin lamentou que o volume de negócios entre os países caiu 38%, para US$ 320 milhões, devido à pandemia do coronavírus.

“Não estamos satisfeitos com esta situação, precisamos corrigi-la e aumentar nosso volume de negócios no comércio bilateral”, disse Mishustin.

Por sua parte, Hariri disse que o Líbano está de olho nos investimentos da Rússia, particularmente no domínio da energia, e prometeu facilitar o trabalho das empresas russas no país.

“Esperamos atrair investimentos de empresas russas em áreas como a indústria de energia elétrica, [construção de] infraestrutura, estradas. Estaremos prontos para ajudar as empresas russas de todas as maneiras possíveis”, disse ele.

Assad e o regime sírio cometeram crimes de guerra – Charge [Sabaaneh / Monitor do Oriente Médio]

Categorias
Europa & RússiaLíbanoNotíciaOriente MédioRússiaSíria
Show Comments
Show Comments