Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

Kuwait impede a cremação de não muçulmanos

Monge hindu carrega uma tigela de água para derramar sobre as cinzas de um homem morto após a conclusão do ato de cremação em 28 de janeiro de 2018 [Kaveh Kazemi / Getty Images]
Monge hindu carrega uma tigela de água para derramar sobre as cinzas de um homem morto após a conclusão do ato de cremação em 28 de janeiro de 2018 [Kaveh Kazemi / Getty Images]

O Departamento Funerário do Município do Kuwait rejeitou os pedidos de budistas e hindus para cremar os corpos de seus mortos no Kuwait, informou o jornal Al Rai ontem.

De acordo com o jornal, o Departamento Funeral rejeitou um pedido para cremar cadáveres usando ferramentas modernas de incineração, como fornos elétricos.

O Diretor de Assuntos Funerários, Faisal Al-Awadi, disse: “Quem quiser cremar cadáveres, deve levá-los para seu país e queimá-los lá, não no Kuwait”.

O Kuwait proibiu as cremações no início dos anos 1980, de acordo com os ensinamentos islâmicos.

Contraditoriamente, Al-Awadi declarou: “Respeitamos os direitos humanos e permitimos que todas as religiões sejam enterradas de acordo com suas leis religiosas”, e disse que seu país vacinou trabalhadores de todos os cemitérios, independentemente de suas religiões.

LEIA: Kuwait tem 45 mil habitações vazias devido à pandemia

Categorias
KuwaitNotíciaOriente Médio
Show Comments
Show Comments