Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

Egito quer retomar acordo de troca de prisioneiros entre Israel e Hamas

Khalil Al-Hayya (centro), membro do Gabinete Político do Hamas, comenta visita de uma delegação do movimento ao Cairo, capital do Egito, para retomar negociações sobre as eleições palestinas, em Gaza, 15 de março de 2021 [Mohammed Asad/Monitor do Oriente Médio]
Khalil Al-Hayya (centro), membro do Gabinete Político do Hamas, comenta visita de uma delegação do movimento ao Cairo, capital do Egito, para retomar negociações sobre as eleições palestinas, em Gaza, 15 de março de 2021 [Mohammed Asad/Monitor do Oriente Médio]

Segundo relatos divulgados pela rede Al Quds Al Arabi, o Egito está trabalhando para restaurar sua mediação entre o movimento de resistência palestino Hamas e o estado da ocupação de Israel, a fim de alcançar um novo acordo de troca de prisioneiros.

Uma delegação de segurança do regime egípcio supostamente visitou a Faixa de Gaza e Israel no início desta semana para debater os recentes acontecimentos relativos às eleições palestinas. A questão da troca de prisioneiros também esteve na agenda.

A delegação foi liderada pelo major-general Ahmed Abdel Khaleq, responsável pelas análises do serviço de inteligência egípcio sobre a questão palestina. A visita a Gaza não foi divulgada e Khaleq reuniu-se apenas com oficiais do Hamas, sem participação de outros grupos.

Anteriormente, Khaleq também foi responsável por mediar conversas entre as facções palestinas e o regime israelense.

O Hamas não comentou a visita, tampouco o encontro.

LEIA: Hamas quer que Israel se comprometa a respeitar a troca de prisioneiros de Shalit

Categorias
ÁfricaEgitoIsraelNotíciaOriente MédioPalestina
Show Comments
Show Comments