Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

Turquia compra nove cópias do Alcorão em leilão de Londres

Página decorativa de um Alcorão do século XVI exposta em Londres, Reino Unido, 31 de março de 2006 [Suzanne Plunkett/Bloomberg via Getty Images]
Página decorativa de um Alcorão do século XVI exposta em Londres, Reino Unido, 31 de março de 2006 [Suzanne Plunkett/Bloomberg via Getty Images]

A Turquia comprou nove manuscritos do Alcorão da casa de leilões Sotheby, com sede em Londres, reportou a agência de notícias Demiroren.

A prefeitura de Istambul participou do leilão em Londres para adquirir as nove cópias do livro sagrado islâmico junto de um raro retrato do século XVI do sultão otomano Suleiman I, cujo reino teve maior duração na história do império, entre 1520 e 1566.

Informações sobre o preço não foram, porém, concedidas.

O prefeito de Istambul, Ekrem Imamoglu, anunciou a compra em suas redes sociais na última quinta-feira (1°): “Adquirimos nove manuscritos inestimáveis do Alcorão no leilão de hoje”.

“Páginas de 700 anos de idade incluem cinco suras, além de páginas 1.100 anos de idade com a sura al-Ma’idah – quinto capítulo do Alcorão – e outras de 1,200 anos com a sura az-Zukhruf – 43° capítulo do Alcorão”, detalhou Imamoglu.

O prefeito também informou a compra por Istambul de uma cópia da coleção de poemas “Masnavi”, do pensador persa Mevlana Jalaluddin Rumi, e da obra “Ibtida-nama” (“Livro do Início”), escrita pelo filho mais velho de Rumi, Baha al-Din Muhammad-i Walad.

LEIA: Fundação do Catar resgata artefatos islâmicos e os devolve ao Museu de Jerusalém

Categorias
Europa & RússiaNotíciaReino UnidoTurquia
Show Comments
Show Comments