Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

Duas novas valas coletivas são descobertas em Tarhuna, Líbia

Oficiais forenses conduzem escavação de uma vala coletiva em Tarhuna, Líbia, 7 de novembro de 2020 [Mücahit Aydemir/Agência Anadolu]
Oficiais forenses conduzem escavação de uma vala coletiva em Tarhuna, Líbia, 7 de novembro de 2020 [Mücahit Aydemir/Agência Anadolu]

Nesta segunda-feira (5), autoridades líbias descobriram duas novas valas coletivas na cidade de Tarhuna, a nordeste da capital Trípoli, reportou a agência Anadolu.

Em comunicado, a Autoridade Geral de Pesquisa e Identificação de Pessoas Desaparecidas relatou que as duas valas comuns foram descobertas na área de Mashru’a Alrabet, em Tarhuna, antigo bastião de forças do general renegado Khalifa Haftar.

A nota não especificou quantos corpos foram exumados de ambas as covas.

Segundo fontes oficiais líbias, forças de Haftar e milícias aliadas cometeram diversos crimes de guerra e atos de genocídio no período entre abril de 2019 e junho de 2020.

Desde junho, após a derrota de Haftar na região oeste da Líbia, o governo central encontrou ao menos 300 corpos em valas comuns em Tarhuna e sul de Trípoli.

Em 5 de fevereiro, os rivais políticos na Líbia concordaram em compor um governo interino, sob liderança do atual primeiro-ministro Abdul Hamid Dbeibeh, conforme negociações mediadas pela ONU, para levar o país a eleições em dezembro próximo.

Os líbios esperam que a medida dê fim a anos de guerra civil que tomaram o país desde a deposição e morte do ditador Muammar Gaddafi, em 2011.

LEIA: Líbia liberta combatentes pró-Haftar

Categorias
ÁfricaLíbiaNotícia
Show Comments
Show Comments