Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

OLP diz não às eleições sem Jerusalém

O presidente palestino Mahmoud Abbas lidera a reunião do conselho da OLP em Ramallah, Cisjordânia, em 03 de outubro de 2019 [İssam Rimawi / Agência Anadolu]
O presidente palestino Mahmoud Abbas lidera a reunião do conselho da OLP em Ramallah, Cisjordânia, em 03 de outubro de 2019 [İssam Rimawi / Agência Anadolu]

Um membro executivo do Comitê Central da Organização para a Libertação da Palestina (OLP) pediu na terça-feira que a comunidade internacional suportasse as consequências da possível recusa de Israel em permitir a participação dos palestinos em Jerusalém nas próximas eleições. Ahmed Majdalani disse que é impossível realizar eleições sem o envolvimento dos jerusalemitas.

Majdalani fez sua declaração após afirmar que as autoridades de ocupação israelenses disseram à União Europeia que não vão permitir que as eleições sejam realizadas em Jerusalém. “[Se for verdade] esta é uma decisão completamente racista que ignora o fato de que as leis e convenções internacionais consideram Jerusalém como parte integrante dos territórios palestinos ocupados em 1967”.

O oficial da OLP exortou a comunidade internacional, a UE, a Rússia e a China a rejeitarem o veto israelense à participação dos cidadãos de Jerusalém nas eleições legislativas, presidenciais e do conselho nacional este ano.

Ocupação em 1967, a Naksa - Charge [Sarwar Ahmed/Monitor do Oriente Médio]

Ocupação em 1967, a Naksa – Charge [Sarwar Ahmed/Monitor do Oriente Médio]

“Jerusalém não é um slogan eleitoral, mas a essência da luta”, acrescentou ele. “Israel está tentando minar o processo democrático na Palestina”.

Entretanto, o representante da UE nos territórios ocupados negou que Israel tivesse informado o bloco sobre tal proibição. Falando à Al Jazeera TV, Shadi Othman disse que a UE havia solicitado a Israel que permitisse aos observadores da UE monitorar as eleições em Jerusalém Oriental, e a UE ainda está aguardando a resposta israelense. Ele espera que Israel permita que as eleições prossigam em todos os territórios palestinos, inclusive em Jerusalém Oriental.

LEIA: Hamas insiste na reconstrução da OLP

Categorias
Eleições PalestinasIsraelNotíciaOriente MédioPalestina
Show Comments
Expulsão dos Palestinos, O conceito de 'transferência' no pensamento político sionista (1882-1948)
Show Comments