Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

Paquistão denuncia projeto de lei islamofóbico da França

Retratos do Presidente do Paquistão Arif Alvi (à esquerda), do Primeiro-Ministro Imran Khan (à direita) e do Emir do Catar Tamim bin Hamad al-Thani (centro), em visita ao país, na capital paquistanesa Islamabad, 21 de junho de 2019 [Farooq Naeem/AFP/Getty Images]
Retratos do Presidente do Paquistão Arif Alvi (à esquerda), do Primeiro-Ministro Imran Khan (à direita) e do Emir do Catar Tamim bin Hamad al-Thani (centro), em visita ao país, na capital paquistanesa Islamabad, 21 de junho de 2019 [Farooq Naeem/AFP/Getty Images]

Neste sábado (20), o Presidente do Paquistão Arif Alvi exortou a França a desistir de consagrar “atitudes discriminatórias” contra muçulmanos na forma de leis, cujo suposto objetivo é combater o extremismo, reportou a agência Anadolu.

Em referência ao projeto de de lei introduzido pelo presidente francês Emmanuel Macron, no último ano, para enfrentar o que descreveu como “separatismo islâmico”, Alvi afirmou que Paris precisa unir as pessoas ao invés de rotular o Islã de modo que crie “desarmonia e preconceito”.

O presidente paquistanês reiterou que atos de blasfêmia contra o Profeta Muhammad em nome de suposta liberdade de expressão são considerados insulto à toda a comunidade islâmica, durante um seminário sobre liberdades religiosas e direitos das minorias, na capital Islamabad.

O projeto de lei promovido por Macron é criticado amplamente pois tem como alvo específico a comunidade islâmica e impõe restrições a quase todos os aspectos de suas vidas.

A peça legislativa autoriza intervenções em mesquitas e associações responsáveis por administrá-las, além de controlar as finanças de associações e organizações não-governamentais pertencentes a cidadãos muçulmanos.

Também restringe escolhas didáticas aos muçulmanos, ao proibir o ensino em casa e tornar compulsória a “educação secular” a todos os funcionários públicos.

LEIA: Turquia promete preparar relatórios anuais sobre o aumento da islamofobia

Categorias
Ásia & AméricasEuropa & RússiaFrançaNotíciaPaquistão
Show Comments
Show Comments