Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

Turquia, Rússia e Irã concordam em prorrogar cessar-fogo em Idlib

Uma vista do centro da cidade de Idlib na Síria em 15 de fevereiro de 2021. [Muhammed Said - Agência Anadolu]
Uma vista do centro da cidade de Idlib na Síria em 15 de fevereiro de 2021. [Muhammed Said - Agência Anadolu]

Turquia, Rússia e Irã concordaram na quarta-feira em estender o cessar-fogo em Idlib, na Síria, confirmaram fontes próximas ao Processo de Paz de Astana. Os três países são fiadores do processo e atualmente se reúnem pela décima quinta vez na Rússia para discutir os avanços na Síria.

O cessar-fogo foi anunciado em março passado após uma cúpula entre o presidente turco Recep Tayyip Erdogan e seu homólogo russo, Vladimir Putin. De acordo com as fontes, os fiadores do Astana também anunciaram seu apoio ao Comitê Constitucional da Síria, que recentemente não conseguiu fazer nenhum progresso em Genebra.

As 15 reuniões do Astana começaram com reuniões técnicas bilaterais. O primeiro ocorreu entre a delegação da oposição síria e os russos. Uma reunião tripartida dos países fiadores está agendada para mais tarde.

Após o encontro com a delegação russa, um porta-voz da oposição síria, Ayman Al-Asimi, disse que o enviado especial da ONU para a Síria, Geir Pedersen, foi muito firme em apontar que a comunidade internacional pode buscar uma nova abordagem no caso o Comitê Constitucional não faça progressos.

“O fracasso do Comitê Constitucional fornece uma indicação clara de que a Rússia deseja impor uma solução sozinha na Síria”, disse Al-Asimi. Ele ressaltou que Moscou não deve se contentar em simplesmente aconselhar o regime sírio, mas deve obrigar Damasco a se juntar ao trabalho do Comitê Constitucional, até porque foi uma proposta russa.

LEIA: Turquia prende cinco russos na Líbia, perto da fronteira com a Síria

Categorias
Europa & RússiaIrãNotíciaOriente MédioRússiaSíriaTurquia
Show Comments
Show Comments