Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

Fórum Social Mundial de 2021 terá forte presença palestina

Monitor do Oriente Médio organiza o painel “Ocupação, Apartheid e Lutas Palestinas por Justiça"

Os eventos do Fórum Social Mundial (FSM) de 2021 irão discutir amplamente a questão palestina. O evento será online, terá atividades do dia 23 de janeiro até o dia 31 do mesmo mês. Para participar é necessário registrar uma conta como participante do evento no site.

O FSM é um espaço aberto internacional organizado pela sociedade civil, movimentos sociais e ONGs para articular alternativas à globalização neoliberal. Nasceu em 2001, em Porto Alegre, em contraponto ao Fórum Econômico Mundial em Davos, Suíça. Este ano, tem como objetivo possibilitar respostas aos graves e urgentes desafios da conjuntura em nível global e iniciar as comemorações do seu 20º aniversário. Espera-se a participação de milhares de pessoas em centenas de atividades autogestionadas.

A Marcha Global, que inaugura o evento todos os anos, será feita de forma virtual, com a exibição de vários vídeos e a participação de ativistas do mundo todo no painel “Qual o mundo que queremos hoje e amanhã”.

As atividades estão divididas em cinco eixos-temáticos: Paz e Guerra; Justiça Econômica; Educação, Comunicação e Cultura; Feminismo, Sociedade e Diversidade; Povos Originários e Ancestrais; Justiça Social e Democracia; e Clima, Ecologia e Meio Ambiente. No último dia de evento serão definidas as lutas sociais para o próximo período.

Todos os anos, o espaço sempre recebe diversas atividades voltadas à discutir e dar visibilidade à causa palestina. Nesta edição, o site Monitor do Oriente Médio organiza o painel “Ocupação, Apartheid e Lutas Palestinas por Justiça”, que acontecerá dia 24 de janeiro, às 9h da manhã (horário de Brasilia). O webinar está inscrito dentro dos espaços temáticos “Guerra e Paz” e “Comunicação, Educação e Cultura” do FMS.

Participará, de Londres, o diretor do MEMO, Dr. Daud Abdullah, de São Paulo, estarão a editora-chefe, Khawla Elaian, e o jornalista, Ahmad Hweidi. A pesquisadora doutorada em estudos de refugiados, Yafa El Masri, falará de Beirute, e a intervenção da analista para assuntos de Jerusalém, Hanady Halawani, será transmitida de Jerusalém.

Serão discutidas as metas e desafios do projeto internacional Monitor do Oriente Médio; os processos de normalização com Israel entre países árabes; a situação do povo de Jerusalém sob a política de ocupação racista; a expansão dos assentamentos na palestina ocupada; a vida dos palestinos refugiados e a sua luta pelo direito ao retorno.

No mesmo dia, às 14h (horário de Brasilia), o Fórum Social Palestino apresentará o painel “Os novos desafios por justiça na Palestina”. Esta atividade, inscrita no eixo “Guerra e Paz”, será apresentada em inglês, francês e árabe. No dia seguinte (25) haverá, em português, uma discussão sobre as tensões no Oriente Médio, conduzido pelo jornalista e analista político Bruno Beaklini. Vozes palestinas também estarão presentes nos eixos-temáticos “povos originários”, e “educação, comunicação e cultura”.

O evento será transmitido pelo Zoom e pelas redes do Monitor do Oriente Médio em português, espanhol e inglês, além das páginas do Fórum Latino-Palestino e Amigos de Palestina no Facebook, no dia 24 de janeiro, às 9h do Brasil.

Categorias
Ásia & AméricasBrasilEuropa & RússiaFSMLíbanoNotíciaOrganizações InternacionaisOriente MédioPalestinaRefugiadosReino Unido
Show Comments
Show Comments