Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

Iraque proíbe oficiais de segurança de falar com a imprensa

Primeiro-Ministro do Iraque Mustafa al-Kadhimi, em Ancara, Turquia, 17 de dezembro de 2020 [Ali Balikçi/Agência Anadolu]
Primeiro-Ministro do Iraque Mustafa al-Kadhimi, em Ancara, Turquia, 17 de dezembro de 2020 [Ali Balikçi/Agência Anadolu]

Nesta terça-feira (5), o Primeiro-Ministro do Iraque Mustafa al-Kadhimi emitiu uma diretriz para proibir todos os membros dos serviços de segurança e forças armadas de compartilhar declarações com a imprensa, “sem aprovação prévia”.

“Está estritamente proibido a todos os membros do aparato militar e policial que façam entrevistas e declarações à imprensa, capazes de afetar a segurança nacional, sem aprovação prévia”, declarou o secretário-geral do exército, segundo a mídia local.

A medida busca reprimir uma série de entrevistas recentes de oficiais a agências iraquianas.

Na última semana, o Iraque vivenciou mais uma onda de ataques de foguetes contra a chamada Zona Verde, região fortificada em Bagdá, que abriga embaixadas internacionais, incluindo a missão diplomática dos Estados Unidos.

Até então, nenhum grupo reivindicou responsabilidade pelos disparos, que voltaram a escalar tensões por toda a região do Oriente Médio.

LEIA: Os EUA estão chamando de volta seu porta-aviões

Categorias
IraqueNotíciaOriente Médio
Show Comments
Show Comments