Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

Igreja Ortodoxa da Sérvia negligência medidas de prevenção ao coronavírus

Padres ao lado do caixão do Patriarca Irinej no Templo São Sava antes da procissão fúnebre no Templo de São Sava, em 22 de novembro de 2020, em Belgrado, Sérvia. [Vladimir Zivojinovic/Getty Images]
Padres ao lado do caixão do Patriarca Irinej no Templo São Sava antes da procissão fúnebre no Templo de São Sava, em 22 de novembro de 2020, em Belgrado, Sérvia. [Vladimir Zivojinovic/Getty Images]

A Igreja Ortodoxa da Sérvia pagou um alto preço por seu desrespeito às medidas preventivas contra o coronavírus, o que levou à morte do chefe da igreja, o Patriarca Irinej.

Na semana passada, o patriarca morreu em consequência do vírus após a igreja continuar permitindo a realização de funerais acompanhados por milhares de pessoas.

Em 30 de outubro, o chefe da Igreja Ortodoxa em Montenegro, Dom Amfilohije, morreu também em decorrência do coronavírus, o que gerou polêmica sobre a falta de adesão ao distanciamento social e outras medidas preventivas à covid-19 por parte da igreja.

O funeral de uma das figuras religiosas mais proeminentes dos sérvios em Montenegro contou com a presença do presidente do país, Aleksander Vucic e do Patricarca Irinej.

No início de novembro, o Patriarca Irinej foi transferido para o hospital, onde faleceu aos 19 de novembro após uma grave piora de sua condição. Nenhuma medida de prevenção à covid-19 foi tomada durante o funeral do líder religioso.

LEIA: Cisjordânia sob lockdown no fim de semana devido a novos casos de covid-19

Também foi anunciado que o bispo David, encarregado do funeral de Irinej, testou positivo para o coronavírus e foi levado ao hospital.

O bispo Artemy, uma das figuras mais proeminentes da Igreja Ortodoxa da Sérvia, o bispo Milutin e o sumo sacerdote Josephov também morreram vítimas do vírus.

As mortes levaram a uma crise dentro da igreja, pois agora os membros seniores precisam ser eleitos.

A Sérvia relatou mais de 163 mil casos de coronavírus e quase 1.500 mortes, de acordo com o Worldometer.

Categorias
CoronavírusEuropa & RússiaNotíciaSérvia
Show Comments
Show Comments