Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

Rússia diz que visita de Pompeo a assentamento ilegal viola os princípios internacionais

Secretário de Estado Mike Pompeo em Jerusalém, em 24 de agosto de 2020 [Debbie Hill/ AFP / Getty Images]
Secretário de Estado Mike Pompeo em Jerusalém, em 24 de agosto de 2020 [Debbie Hill/ AFP / Getty Images]

Em comentário sobre a visita do secretário de Estado dos EUA, Mike Pompeo, a um assentamento israelense na Cisjordânia, na sexta-feira, Moscou acusou os EUA de desrespeitar os princípios do direito internacional.

Em entrevista coletiva realizada em Moscou, a porta-voz do Ministério das Relações Exteriores, Maria Zakharova, afirmou que a visita foi uma tentativa do governo dos Estados Unidos de legitimar assentamentos israelenses ilegais na região, ressaltando que tais ações contradizem as resoluções do Conselho de Segurança da Organização das Nações Unidas (ONU).

“Vemos isso como mais uma prova do desrespeito flagrante dos Estados Unidos aos princípios mundialmente reconhecidos do direito internacional”, afirmou a porta-voz russa.

“As tentativas do governo dos Estados Unidos de dar legitimidade aos assentamentos israelenses ilegais contradizem a Carta das Nações Unidas e as resoluções do Conselho de Segurança”, disse ela, observando que Washington está tentando criar na prática as chamadas “realidades irreversíveis”.

Na semana passada, Pompeo se tornou a primeira autoridade dos EUA a visitar o assentamento israelense Psagot, construído em terras palestinas perto das cidades de Ramallah e Al-Bireh, na Cisjordânia ocupada.

De acordo com Zakharova, as ações do governo dos Estados Unidos “atrapalham os esforços para reiniciar o processo de negociação com o objetivo de estabelecer uma paz justa, duradoura e abrangente.”

LEIA: Jordânia exige pressão internacional para interromper expansão colonial de Israel

Categorias
Ásia & AméricasEUAIsraelNotíciaOriente MédioPalestina
Show Comments
Show Comments