Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

Parapente turco faz pouso de emergência no Líbano

Um parapente voa sobre a área de Maameltein, no Líbano, em 9 de dezembro de 2015. [Joseph Eid/AFP/Getty Images]
Um parapente voa sobre a área de Maameltein, no Líbano, em 9 de dezembro de 2015. [Joseph Eid/AFP/Getty Images]

Um turco com parapente foi detido sob custódia depois de fazer um pouso de emergência no sul do Líbano nesta sexta-feira (20), informou o Daily Star.

O homem, que não foi identificado, pousou na cidade costeira de Adloun, no sul do Líbano, próximo a um posto de controle do exército no início da manhã.

Ele foi detido sob custódia por militares e levado ao quartel do exército Zoughaib, em Sidon, onde será interrogado.

Não estava exatamente claro de onde o homem tinha vindo.

No entanto, as informações iniciais sugerem que ele estava praticando parapente na parte leste da costa sul da Turquia quando foi levado para o sul, em direção ao Líbano, por fortes ventos.

Em junho deste ano, outro parapente turco, Oguzkan Sadeer, estabeleceu um recorde nacional para o voo mais longo após decolar do distrito de Bayat, em Corum, e percorrer um total de 296 quilômetros.

À época, o presidente do clube de avião do Corum Sporif, Ali Karinliogu, disse que ;’o tempo de voo [com um parapente] de oito horas e quinze minutos foi o recorde do país, rivalizando o recorde anterior com uma distância de 296 quilômetros”.

“Também batemos o recorde regional. Nos tornamos os primeiros do mundo entre voos realizados naquele dia. Estamos muito felizes”, disse Sadeer.

No entanto, o homem que chegou ao Líbano hoje pode ter quebrado inadvertidamente esse recorde, já que viajou cerca de 376 quilômetros da costa turca ao sul do Líbano.

LEIA: Pompeo encontra-se com líder cristão na Turquia, embora sem agenda oficial

Ele também pode ter quebrado o tempo de voo recorde, que foi estabelecido em oito horas e quinze minutos em julho.

A Turquia é um destino popular entre os praticantes de parapente, oferecendo algumas das melhores condições climáticas, terreno e litoral para o esporte aero.

Em setembro, um profissional de parapente de 28 anos da Turquia realizou uma proeza que envolvia prender uma cama, mesa de cabeceira e abajur ao seu equipamento.

Hasan Kaval, que se deitou na cama e cobriu os olhos com uma máscara de dormir, supostamente dormiu durante a maior parte do voo, acordando pouco antes de pousar.

O jovem já prendeu um sofá e uma televisão em seu parapente e jogou gamão com um amigo enquanto estava no ar.

Após sua última façanha, Kavek disse à Demirören News Agency (DHA): “Quero mostrar às pessoas que o parapente não é um esporte perigoso. São as pessoas que o tornam perigoso ao voarem com pilotos inexperientes e sem treinamento”.

LEIA: Turquia resgata 29 requerentes de asilo no Mar Egeu 

Categorias
Europa & RússiaLíbanoNotíciaOriente MédioTurquia
Show Comments
Show Comments