Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

Emirados consideram fornecer casas adicionais a quem obter uma segunda esposa

Casal assiste o pôr-do-sol em Dubai, Emirados Árabes Unidos, 26 de agosto de 2020 [Giuseppe Cacace/AFP/Getty Images]
Casal assiste o pôr-do-sol em Dubai, Emirados Árabes Unidos, 26 de agosto de 2020 [Giuseppe Cacace/AFP/Getty Images]

O governo dos Emirados Árabes Unidos deve debater uma proposta para conceder subsídios e empréstimos adicionais para construir novas casas a homens que obtiverem uma segunda ou terceira esposa, reportou ontem (27) a rede Arabic Post.

Conforme informações do jornal Al-Bayan, um comitê parlamentar emiradense reiterou as recomendações de incluir prioridade a concessões habitacionais para homens que decidem casar-se com mais de uma esposa.

A proposta de 2018, apresentada pelo Programa Habitacional Sheikh Zayed, foi encorajada por algumas pessoas e criticada por outras, no estado do Golfo, onde casamentos são caros e dotes são bastante altos.

Os novos empréstimos, caso entrem em vigor, serão disponibilizados quando ambos os cônjuges forem cidadãos emiradenses, descartando assim quando o homem casa-se com esposas estrangeiras, a fim de reduzir o número de mulheres solteiras no país.

LEIA: Banco público do Iraque concede empréstimos de ‘segunda esposa’ a funcionários

Categorias
EAUNotíciaOriente Médio
Show Comments
Show Comments