Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

UE doa US $ 0,6 milhão para apoiar medidas de segurança contra coronavírus da UNRWA

A UNRWA distribui ajuda alimentar para famílias em Gaza, 2 de abril de 2020 [Mohammed Asad / Monitor do Oriente Médio]
A UNRWA distribui ajuda alimentar para famílias em Gaza, 2 de abril de 2020 [Mohammed Asad / Monitor do Oriente Médio]

A União Europeia (UE) contribuiu com U$ 594.897 para a Agência das Nações Unidas de Assistência aos Refugiados da Palestina no Oriente Próximo (UNRWA) para melhorar as medidas de higiene e saneamento na Cisjordânia ocupada.

A agência de notícias Wafa informou que a nova contribuição é destinada à saúde e segurança dos refugiados palestinos, incluindo medidas especiais de mitigação de risco para evitar a superlotação nos centros de distribuição e o fornecimento seguro de assistência alimentar e EPI para o pessoal da linha de frente.

Gwyn Lewis, diretor de Operações da Cisjordânia da UNRWA, disse que a agência está “extremamente grata pelo apoio humanitário da UE”.

Ele afirmou que “muitos refugiados da Palestina em quarentena domiciliar estão lutando para sobreviver. O fornecimento de materiais básicos de higiene não só garante que as famílias tenham o que precisam em casa para se proteger, mas também reduz a carga econômica que enfrentam, o que significa que podem pagar para ficar em casa. ”

LEIA: Israel aprova mil unidades de assentamento na Cisjordânia ocupada

O recurso também ajudará as famílias que sofrem com condições econômicas difíceis com os itens de higiene muito necessários, especialmente em áreas que registraram um aumento nas infecções por covid-19.

Na Cisjordânia ocupada, 35.663 casos foram confirmados junto com 214 mortes. Isso inclui 8.550 casos em Jerusalém Oriental, enquanto a governadoria de Hebron foi a mais atingida.

A Autoridade Palestina impôs bloqueios nas áreas afetadas e proibiu reuniões públicas, incluindo casamentos e festas de formatura. Em Gaza, 1.631 casos foram notificados e 11 mortes.

Os campos de refugiados da Palestina viram um aumento na quantidade de lixo produzido devido aos recentes bloqueios impostos pelas autoridades locais, o que resultou em uma carga adicional para os trabalhadores de saúde ambiental da UNRWA.

Esta doação permitirá que a agência contrate os trabalhadores adicionais necessários para manter os campos limpos e seguros para os refugiados da Palestina.

A UNRWA foi criada em 1949 para fornecer assistência e proteção aos refugiados palestinos que foram expulsos de suas casas pelas gangues sionistas antes da criação do Estado de Israel sobre as ruínas de suas casas.

A organização está atualmente oferecendo seus serviços a cerca de 5,3 milhões de refugiados palestinos nos territórios ocupados, Jordânia, Líbano e Síria. No entanto, vem sofrendo uma grave crise financeira desde 2018 devido à suspensão das contribuições dos EUA.

Categorias
CoronavírusIsraelNotíciaONUOrganizações InternacionaisOriente MédioPalestinaUnião Europeia
Show Comments
Show Comments