Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

Drone sobrevoa Tel Aviv e distribui porções de maconha

Israelenses protestam contra o governo, na Praça Rabin, Tel Aviv, 30 de abril de 2020 [Guy Prives/Getty Images]
Israelenses protestam contra o governo, na Praça Rabin, Tel Aviv, 30 de abril de 2020 [Guy Prives/Getty Images]

Um drone deixou cair pacotes do que parece ser cannabis sobre a principal praça de Tel Aviv, nesta quinta-feira (3), após ativistas pela legalização da maconha em Israel prometerem “erva grátis” caindo dos céus, nas redes sociais.

As informações são da agência Reuters.

Segundo a polícia, dois homens foram presos por operar o quadricóptero que sobrevoou a Praça Rabin, centro de Tel Aviv, local comum de protestos populares e comícios políticos.

“A hora chegou!”, declarou o grupo pró-legalização Green Drone, em seu canal do Telegram. Anunciou

É um pássaro? É um avião? Não, é o Green Drone com cannabis de graça caindo dos céus!

Em nota, a polícia afirmou suspeitar de que os pacotes continham uma “droga perigosa”; reiterou ainda que os oficiais conseguiram confiscar dezenas de unidades. Fotografias distribuídas pela polícia mostram aparente cannabis, dentro dos pacotes.

O site de notícias israelense Maariv afirmou que transeuntes pegaram alguns dos pacotes antes da polícia chegar ao local. Vídeos registram pessoas correndo entre o tráfico intenso para recolher alguns pacotes que caíram na via.

Atualmente, o uso medicinal de maconha é permitido em Israel; o uso recreativo é ilegal, embora amplamente descriminalizado.

Em maio, Israel concedeu aprovação para exportações de maconha medicinal, preparando terreno para vendas no exterior. O governo espera que o comércio de cannabis possa render centenas de milhões de dólares aos cofres públicos.

Categorias
IsraelNotíciaOriente Médio
Show Comments
Show Comments