Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

Egito acusa Turquia de potencialmente invadir suas águas, durante estudos no Mediterrâneo

Navio de perfuração de petróleo Fatih é visto ancorado no Porto de Tasucu, distrito de Silifike, em Mersin, Turquia, 1° de fevereiro de 2020 [Mustafa Ünal Uysal/Agência Anadolu]
Navio de perfuração de petróleo Fatih é visto ancorado no Porto de Tasucu, distrito de Silifike, em Mersin, Turquia, 1° de fevereiro de 2020 [Mustafa Ünal Uysal/Agência Anadolu]

O Egito alegou neste sábado (1°) que uma pesquisa sísmica conduzida pela Turquia no Mar Mediterrâneo Oriental potencialmente invadiu águas cujo direito exclusivo é reivindicado pelo Cairo. As informações são da agência Reuters.

Um informativo emitido em junho pela Turquia, sobre o estudo, sobrepõe o local de operação à Zona Econômica Exclusiva do Egito (ZEE), o que representaria “violação e ataque aos direitos soberanos do Egito”, alertou o Ministério de Relações Exteriores no Cairo, em nota.

Sem conceder detalhes, o ministério alegou que a eventual invasão de águas territoriais ocorreu conforme um dos pontos do informativo turco.

Os estudos sismológicos conduzidos pela Turquia são parte do trabalho preparativo para a potencial exploração de hidrocarbonetos no Mar Mediterrâneo.

O anúncio da pesquisa em questão agravou as tensões entre Turquia, por um lado, e Grécia e Chipre, por outro, em meio a alegações conflitantes sobre os direitos nacionais de exploração de recursos no Mediterrâneo.

A Turquia sugeriu que poderia suspender a exploração, conforme negociações sobre o caso.

O Egito é rival regional da Turquia e possui relações próximas com Grécia e Chipre.

LEIA: Etiópia descarta risco de conflito militar com o Egito por causa da Renascença

Categorias
ÁfricaEgitoEuropa & RússiaNotíciaOriente MédioTurquia
Show Comments
Show Comments