Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

Classificação administrativa dos assentamentos israelenses na Cisjordânia ocupada

Assentamento de Beitar Illit, na província de Belém, considerado município por Israel [Wikipedia]
Assentamento de Beitar Illit, na província de Belém, considerado município por Israel [Wikipedia]

O poder de ocupação israelense tentou impor sua soberania sobre territórios palestinos desde o primeiro dia da ocupação da Cisjordânia em 1967. Os assentamentos israelenses estão classificados administrativamente da seguinte forma:

1. Município

A potência ocupante israelense classificou quatro assentamentos como grandes cidades, com uma entidade separada de outros assentamentos ocupados na Cisjordânia: Ariel, na província de Salfit, Beitar Illit na província de Belém, Modin’in Illit na província de Ramallah e Ma’ale Adumim, em Jerusalém. De acordo com sistema de autoridades locais israelenses,o assentamento pode ser tratado como “município” pelo governo e oMinistério do Interior, se tiver uma população superior a 20 mil habitantes.

2. Autoridade local

Israel designou treze assentamentos como autoridade local. De acordo com o regime israelense, o status de assembleia é assim definido a partir de limite um mínimo definido pelo Ministério do Interior de Israel;A classificação de “autoridade local” se aplica às comunidades com uma população de mais de dois mil habitantes. Os seguintes assentamentos receberam esse status: Oraeniet, Alfe Minshe, Al Kana, Efrata,Beit El, Beit Aryeh, Giv’at Ze’ve Har Adar, Ma’ale Efrayim, Immanuel, Kedumim, Kiryat Arba, Karnei Shomron.

3. Conselhos regionais

Seis conselhos regionais foram anunciados na Cisjordânia ocupada, respectivamente:CR de Gush Etzion, compreendendo assentamentos israelenses localizados no território da província de Belém e parte da província de Jerusalém; CR Har Hebron, incluindo assentamentos israelenses no sul da província de Hebron; CR do Mar Morto (Megilot), composto por assentamentos próximos à região do Mar Morto; CR Mateh Binyamin, compreendendo assentamentos em Ramallah e Jerusalém (fora dos limites municipais de Jerusalém); CR do Vale do Jordão”, composto por assentamentos localizados nao território das províncias de Jericó e Tupas; de Shomron, que inclui vários assentamentos nos territórios das províncias de Nablus, Jenin, Tulkarm e Salfit.De acordo com o sistema israelense, os conselhos regionais incluem representação de qualquer lugar entre 3 e 50 comunidades, geralmente espalhadas por uma área relativamente grande, com vizinhança geográfica entre si e a população de cada comunidade dentro de um Conselho regional que não exceda duas mil pessoas, administrado por um comitê local.

LEIA: Economia de resistência … arma legítima nas mãos dos palestinos

Os conselhos regionais anteriores incluem:

● Conselho Regional de Gush Etzion e inclui os seguintes assentamentos: IbeiHanachal, Alon Shvut, Migdal Oz, Carmei Tzur, Kfar Etzion, Kfar Eldad, Har Gilo,Gvaot, Bat Ayin, Elazar, Ma’ale Amos, Metzad, Neve Daniel, Nokdim, Kedar, RoshTzurim, Ma’ale Rehav’am, Pnei Kedem, Sadeh Boaz.

● Conselho Regional de Har Hebron: e inclui todos os seguintes assentamentos:Adora, Eshkolot, Beit Hagai, Beit Yatir, Carmel, Shani Livne, Ma’on, Ma’ale Hever,Negohot, Susya, Sansana, Ma’ale Omarim, Otniel, Shim’a, Telem, Mitzpe Yair,Abigail, Mitzpe Asa’el, Mitzpe Ashtmo.

● Conselho Regional do Mar Morto: e inclui todos os seguintes assentamentos: Ovnat,Almog, Beit HaArava, Kalya, Vered Yeriho e Mitzpe Shalem.

● Conselho Regional de Mateh Binyamin: e inclui os seguintes assentamentos:Shiloh, Shvut Rachel, Rimonim, Psagot, Ofra, Anatot, Eli, Ateret, Neria, Na’ale, Nili,Nahliel, Nofie Prat, Adam, Alon, Ma’ale Levona, Beit Horon, Giv’on HaHadasha,Ma’ale Mikhmas, Dolev, Matityahu, Neve Tzuf, Hashmonaim, Talmon, KokhavHaShahar, Kokhav Ya’akov, Kfar Adumim, Mevo Horon, Mitzpe Yeriho, Ahia, EshKodesh, Giv’at Har’el, Zeit Ranan, Migron, Kfar HaOranim, Harasha, MitzpeKramim, Mitzpe Hagit, Mitzpe Danny, Adei Ad, Amona, Tel Zion.

● Conselho Regional do Vale do Jordão e inclui: Mevo’ot Yericho, Yitav, Beka’tot,Gitit, Argaman, Gilgal, Hemdat, Hamra, Yafit, Mehola, Tomer, Shadmot Mehola,Rotem, Ro’i, Petza’el, Netiv HaGdud, Naomi, Niran, Masua, Maskiot, Mekhora.

● Conselho Regional de Shomron e inclui: Aveni Hefetz, Itamar, Elon Moreh,Barkan, Har Bracha, Homesh, Hinanit, Hermesh, Tel Menashe, Yitzhar, Yakir, KfarTapuach, Kadim, Mevo Dotan, Migdalim, Shaked, Alei Zahav, Sal’it, Einav, Nofim, Ma’ale Shomron, Sha’arei Tikva, Shavei Shomron, Reihan, Sa-Nur, Revava,Rehelim, Kiryat Netafim-Etz Efraim, Tzofim, Bruchin, Peduel, Ganim, Nofim.

LEIA: A pilhagem de Jericó e Vale do Jordão antes da anexação

As opiniões expressas neste artigo são de responsabilidade do autor e não refletem necessariamente a política editorial do Middle East Monitor.

Categorias
ArtigoIsraelOpiniãoOriente MédioPalestinaSlide Grande
Show Comments
Show Comments