Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

Liga de futebol do Irã é atingida com força por surto de coronavírus

Uma estátua ganha máscara facial enquanto o governo iraniano remove gradualmente as precauções contra a nova pandemia de coronavírus, permitindo a reabertura de lojas. Em Tabriz, Irã, em 12 de abril de 2020. [Stringer/Anadolu Agency]
Uma estátua ganha máscara facial enquanto o governo iraniano remove gradualmente as precauções contra a nova pandemia de coronavírus, permitindo a reabertura de lojas. Em Tabriz, Irã, em 12 de abril de 2020. [Stringer/Anadolu Agency]

Após uma interrupção de quatro meses, a liga de futebol do Irã voltou a ser atingida pela pandemia de coronavírus, com cerca de 22 jogadores de dois principais clubes testando positivo para o vírus, segundo a Agência Anadolu.

Onze jogadores e um membro da equipe do Esteghlal, um dos maiores e mais antigos clubes de futebol do Irã, contraíram o vírus, segundo fontes da equipe.

Esteghlal, oito vezes campeão da Liga Profissional do Irã (IPL) e duas vezes campeão da Ásia, está no sexto lugar na liga de futebol 2020, retomada em 25 de junho.

O outro clube atingido pelo vírus no meio da temporada é o Foolad, um time da província de Khuzestan, no sudoeste do país, que compete na famosa liga de futebol do Irã.

LEIA: Irã acusa Estados Unidos de ‘crime contra humanidade’ por obstruir recursos contra o covid-19

Os dirigentes revelaram que 16 membros do clube, incluindo 11 jogadores, haviam contraído a doença.

A liga recomeçou em 25 de junho com um jogo entre Esteghlal e Foolad, no qual o Foolad derrotou o Esteghlal por 2 a 1.

A partida, prevista para março, foi adiada após o surto de covid-19 no Irã no final de fevereiro. A liga recomeçou após 118 dias, com arquibancadas vazias.

Após as infecções, a equipe Esteghlal, que estava programada para enfrentar a equipe de Pars Jonoubi em seu próximo jogo da liga na cidade de Jam, no sul, recusou-se a viajar no último minuto.

A federação nacional de futebol do Irã, no entanto, tornou obrigatório, através de uma declaração, que a equipe viajasse para Jam conforme programado.

Esteghlal e Foolad, ao lado de outros clubes, se opuseram fortemente à retomada da liga no momento em que a pandemia enfretava uma nova onda no país.

Os casos de coronavírus no Irã , um dos países mais atingidos na região do Oriente Médio, atingiram mais de 245.600 e 11.931 mortes.

Categorias
CoronavírusIrãNotíciaOriente Médio
Show Comments
Show Comments