Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

Equipe dos Estados Unidos deixa Israel sem qualquer acordo sobre data da anexação

Avi Berkowitz [Twitter]
Avi Berkowitz [Twitter]

Uma equipe de oficiais dos Estados Unidos deixou Israel sem chegar a qualquer acordo sobre quando o estado ocupante poderá avançar com seus planos de anexação da Cisjordânia ocupada, reportou ontem (1°) a rede Al-Watan Voice.

Chefiada por Avi Berkowitz, representante especial dos EUA para o Oriente Médio, a equipe encontrou-se com o Primeiro-Ministro de Israel Benjamin Netanyahu, o Ministro de Relações Exteriores Gabi Ashkenazi e o premiê alternativo e Ministro da Defesa Benny Gantz, em esforço para assumir uma postura unitária sobre a anexação.

Netanyahu declarou as discussões de seu governo com os Estados Unidos sobre a anexação deverão continuar “nos próximos dias”.

A anexação estava prevista para ter início nesta quarta-feira, segundo prazo estabelecido por Netanyahu.

Entretanto, o Ministro de Cooperação Regional Ofir Akunis alegou à rádio militar que a anexação “certamente ocorrerá em julho”, mas que deveria ser conduzida em parceria com os Estados Unidos. Akunis reiterou que “ocorrerá apenas após declaração de [Donald] Trump”.

Palestinos estimam que o plano israelense deverá expropriar ilegalmente 30% da Cisjordânia ocupada. Em resposta, a Autoridade Palestina anunciou que não estará mais vinculada a qualquer tratado ou acordo com Israel, caso a anexação vá adiante.

LEIA: Parlamento da Holanda aprova imposição de sanções caso Israel anexe a Cisjordânia

Categorias
Ásia & AméricasEUAIsraelNotíciaOriente MédioPalestina
Show Comments
Show Comments