Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

Irã emite mandado de prisão para Donald Trump

Governo do Irã pede ajuda para assegurar prisão de Donald Trump

O Irã emitiu um mandado de prisão para o presidente dos EUA, Donald Trump, e dezenas de outros por seu papel no assassinato do general iraniano Qassem Soleimani no início do ano. Teerã solicitou a ajuda da Interpol para garantir sua prisão.

O promotor iraniano Ali Alqaismehr fez as declarações durante uma reunião hoje com autoridades judiciais de alto escalão, dizendo que foram emitidos mandados de prisão para 36 indivíduos, incluindo políticos e militares dos EUA e de outros governos.

As acusações incluem “assassinato” e cometer um “ato terrorista”, sendo que o promotor acrescentou que “o presidente Donald Trump está no topo da lista, e sua acusação será processada mesmo depois que seu mandato terminar”.

LEIA: Agência de notícias do Irã relata visita do novo chefe militar à Síria

Sediada em Lyon, na França, a Interpol não respondeu ao pedido, mas é improvável que atenda ao pedido do Irã, pois sua orientação para avisos de alerta internacional proíbe “realizar qualquer intervenção ou atividade de natureza política”.

O ex-chefe da Força Quds, pertencente ao Corpo de Guardas Revolucionários Islâmicos do Irã (IRGC), Soliemani foi morto ao lado do vice-chefe das Forças de Mobilização Popular do Iraque (PMF), Abu Mahdi Al-Muhandis em um ataque de drone nos Estados Unidos quando chegavam ao Aeroporto Internacional de Bagdá em 2 de janeiro.

O ataque provocou uma rápida retaliação das forças armadas iranianas com um ataque de míssil balístico contra as tropas americanas no Iraque e as forças de mobilização populares do Irã prometeram dar sua própria resposta sobre o assassinato de Al-Muhandis.

LEIA: Irã não esquecerá o apoio dos EUA ao ataque químico do Iraque

Categorias
Ásia & AméricasEUAIrãIraqueNotíciaOriente MédioVídeos & Fotojornalismo
Show Comments
Show Comments