Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

Após Dubai, shoppings e restaurantes reabrem nos Emirados Árabes Unidos

Shopping centers em Abu Dhabi, capital dos Emirados Árabes Unidos, começaram a reabrir para um número restrito de consumidores neste fim de semana, à medida que o país atenua o isolamento imposto há mais de um mês para combater o coronavírus. As informações são da agência Reuters.

Três shoppings em Abu Dhabi reabriram neste sábado (2) a 30% da capacidade, após adoção de medidas de segurança e prevenção à doença, incluindo instalação de aparelhos para medir a temperatura do corpo, conforme declarou o gabinete de imprensa do governo em sua página do Twitter.

LEIA: O coronavírus mudará o mundo? Sobre o ‘interregno’ de Gramsci e a filosofia etnocêntrica de Zizek

O emirado de Sharjah – um dos sete emirados que compõem a confederação nacional – anunciou que reabrirá os shoppings, salões e restaurantes a partir deste domingo (3).

Shoppings, restaurantes e cafés em Dubai, centro empresarial e turístico dos Emirados Árabes Unidos, também retomaram operações com capacidade limitada. Lojistas devem utilizar máscara de proteção e luvas, além de manter distância.

Outros locais públicos como escolas, mesquitas e cinemas permanecem fechados no país, que registrou até então quase 13.600 casos de coronavírus e 119 mortes. Não há informações detalhadas sobre cada uma dos sete emirados.

Os Emirados Árabes Unidos também abrandaram o toque de recolher em escala nacional – em vigor desde 26 de março –, com o início do Ramadã, mês sagrado para os muçulmanos, em 24 de abril.

LEIA: Dois partidos de oposição no Marrocos rejeitam proposta de lei para mídia social

Categorias
CoronavírusEAUNotícia
Show Comments
Show Comments