Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

Soldados da Unifil se colocam entre forças do Líbano e Israel

Soldados da Unifil se posicionam entre as forças libanesas e as forças israelenses após relatos de que estes últimos cruzaram a Linha Azul em 14 de abril de 2020 [alishoeib1970 / Twitter]

Soldados do exército libanês se defrontaram ontem com tropas israelenses, depois de relatos de que estes haviam atravessado a Linha Azul – a fronteira demarcada pela ONU entre os dois países.

A mídia local informou que as forças israelenses teriam avançado para o lado do Líbano enquanto realizavam trabalhos no muro de concreto do lado da fronteira, perto da vila libanesa de Marjayoun, no sul do país.

Um trator militar israelense foi retratado por repórteres libaneses dentro da muralha, e pessoal israelense foi visto erguendo uma barraca com equipamentos de engenharia, sob a cobertura de um tanque Merkava nas proximidades.

Um sinal de alerta levou as tropas da Unifil a se posicionar entre as duas forças. Mais tarde, soldados israelenses deixaram a área.

Não ficou claro imediatamente se o pessoal israelense havia cruzado a Linha Azul, mas a Unifil divulgou uma declaração no final do dia negando que tal violação tivesse ocorrido.

“Nenhuma violação da Linha Azul ocorreu”, disse Andrea Tenenti, porta-voz da Unifil, à Agência Nacional de Notícias do Líbano (NNA).

“As forças armadas libanesas e o exército israelense estavam presentes [na área protegida], mas o exército israelense estava ao sul da Linha Azul. A Unifil interveio imediatamente para evitar qualquer mal-entendido e reduzir a tensão na área, e a situação agora é calma ”, acrescentou Tenenti.

LEIA: Líbano fica em alerta após Israel atravessar cerca na área de fronteira

O incidente ocorre em meio a várias violações do espaço aéreo libanês e incursões próximas à Linha Azul demarcada pela ONU nas últimas semanas.

As forças israelenses chegaram perto de cruzar a Linha Azul em 2 de abril para realizar uma operação de busca, segundo a NNA do Líbano, e “dispararam … uma bomba de fumaça … que exigiu a mobilização do exército libanês e das forças internacionais de manutenção da paz”.

Pelo menos um drone israelense tenha sido filmado sobrevoando Beirute e seus subúrbios ao sul por várias horas no domingo à noite e no início da segunda-feira de manhã.

Post com vídeo denuncia “um drone israelense zumbindo sobre Beirute. As pessoas podem ouv-lo. Isso vem acontecendo muito ultimamente. “ e questiona: “É por causa do toque de recolher que podemos ouvi-lo melhor? Ou está se tornando mais comum?”

A NNA relatou aviões sobrevoando o vale de Bekaa, no leste do Líbano, na tarde de segunda-feira.

Enquanto isso, os ataques aéreos israelenses na Síria em 1 de abril e 5 de março foram lançados do espaço aéreo libanês.

Os vôos de aeronaves militares israelenses no espaço aéreo libanês, que são frequentes, são amplamente considerados uma violação da soberania do país.

Os vôos violam a Resolução 1701 do Conselho de Segurança da ONU, que encerrou a guerra de 2006 entre Israel e Hezbollah, e pediram a Tel Aviv que respeitasse a soberania e a integridade territorial de Beirute.

Categorias
IsraelLíbanoNotíciaONUOrganizações InternacionaisOriente Médio
Show Comments
Expulsão dos Palestinos, O conceito de 'transferência' no pensamento político sionista (1882-1948)
Show Comments