Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

Israel prende oito palestinos apesar do isolamento absoluto por coronavírus

Forças de segurança de Israel prendem um menino palestino em 11 de fevereiro de 2020 [Mosab Shawer/Apaimages]

Forças da ocupação israelense prenderam oito palestinos da Cisjordânia ocupada nos últimos dois dias apesar do isolamento absoluto em vigor no território palestino como parte das medidas para combater a pandemia de coronavírus, conforme reportou a organização de direitos humanos Clube de Prisioneiros Palestinos.

O grupo afirmou em declaração que as forças israelenses mantiveram sua campanha de prisões, incluindo detenção de “pacientes, idosos e crianças”, a despeito da pandemia de coronavírus, e ignorando alertas mundiais sobre as consequências graves da propagação da doença no ambiente carcerário.

Dentre os detidos está Muhammad Abu Tair, de 68 anos, ex-parlamentar palestinos deportado de Jerusalém pelas autoridades de Israel. Abu Tair passou no total quase 34 anos de sua vida nas prisões da ocupação

Segundo a declaração, os detidos são das províncias de Ramallah e Al-Bireh, além das cidades de Calquília, Nablus e Belém.

LEIA: Israel mantém 200 crianças presas com o mínimo de diligência médica

Categorias
CoronavírusIsraelNotíciaOriente MédioPalestinaVídeos & Fotojornalismo
Show Comments
Expulsão dos Palestinos, O conceito de 'transferência' no pensamento político sionista (1882-1948)
Show Comments