Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

Bancos do Egito são instruídos a limitar saques e depósitos no país

Bancário conta notas para operação de câmbio no Cairo, capital do Egito, em 3 de novembro de 2016 [Khaled Desouki/AFP/Getty Images]

Bancos do Egito foram instruídos a aplicar limites temporários para saques e depósitos diários, em medida aparentemente elaborada para controlar a inflação e retenção de capital conforme crescem as preocupações diante da propagação do novo coronavírus. As informações são da agência Reuters.

O limite diário seria então estabelecido em 10.000 libras egípcias (US$635) por pessoa e 50.000 libras egípcias (US$3185) por empresa, segundo declaração do Banco Central do Egito. As empresas serão isentas dos limites de saques caso o dinheiro seja utilizado para pagar funcionários.

O Banco Central também deverá limitar saques diários em caixa eletrônico a 5.000 libras egípcias, reiterou a declaração.

“Nada oficial, mas ouvi dizer que foi projetado para controlar acúmulo e inflação”, afirmou um analista que preferiu manter-se anônimo. “Esta medida pode reduzir [fenômenos como] retenção de capital, compras decorrentes do pânico, além de conter preços”, relatou um segundo analista.

O Banco Central também pediu à população que limite o uso de dinheiro vivo e que deem preferência a transferências eletrônicas e pagamentos online. “Todos os bancos cancelaram taxas sobre transferências [eletrônicas] e pagamentos online para conveniência dos cidadãos”, afirmou a declaração.

O Egito registrou quarenta novos casos de coronavírus e seis mortes neste sábado (28), levando o total a 576 casos confirmados e 36 mortes.

Autoridades egípcias ordenaram o fechamento das mesquitas por duas semanas a partir de 21 de março. O Ministério de Recursos Islâmicos do Egito anunciou ainda no domingo que deverá estender o fechamento indefinidamente.

LEIA: Jornalistas egípcios rechaçam bloqueio de sites, monopólio e silenciamento da mídia

Categorias
ÁfricaCoronavírusEgitoNotícia
Show Comments
Show Comments